O assunto é considerado preocupante pela maioria dos governos espalhados ao redor do mundo, além do aumento na temperatura dos oceanos. O fenômeno também é responsável pelo aumento da temperatura na atmosfera terrestre, o que acaba causando alterações no clima da Terra, como o derretimento do Ártico. Além destas mudanças climáticas, o aquecimento global também é responsável pelo surgimento de #Doenças perigosas que estavam erradicadas. Em julho passado, um surto de antraz vitimou mais de 2 mil renas na Sibéria.

Especialistas estimam que o vírus tenha voltado à ativa, após o derretimento do gelo na região. No ano passado, um caso semelhante havia sido registrado na Sibéria.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, os cientistas teriam encontrado um vírus que continua infeccioso após 30 mil anos de idade. Os pesquisadores acreditavam que o vírus já estivesse extinto.

O vírus da Zika é outro problema que está preocupando as autoridades de vários países, inclusive o Brasil. Os pesquisadores não têm dúvidas de que a doença seja transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti, que, ao picar as mulheres grávidas, acaba transmitindo o Zika Vírus, responsável pelos casos de microcefalia congênita, onde os bebês nascem com o tamanho da cabeça menor que o normal.

Outros problemas relacionados ao aquecimento global se devem ao surgimento de estiagens prolongadas, com isso, surge a necessidade em acumular água, que acaba ajudando na proliferação do Aedes Aegypti, que transmite também a dengue e a febre chikungunya.

Publicidade

O mosquito se desenvolve em países de clima tropical, é muito encontrado nas regiões das Américas Centrais e do Sul. Também são encontrados em regiões do sudeste da asiático e em países do continente Africano.

Outro motivo para preocupação é em relação às constantes enchentes de rios e lagos, que podem ocasionar o surgimento de doenças como a cólera, que causa desnutrição, por causa da diarreia causada pelo consumo de água contaminada. As regiões onde existem falta de saneamento básico estão mais vulneráveis. O surgimento de estiagens prolongadas, aliado aos acúmulos de água também podem fazer com que a água fique contaminada por bactérias da cólera. #Entretenimento #Curiosidades