Situações que provocam medo ou expectativa acabam provocando ansiedade. Deixa de ser uma reação normal quando esse estado emocional começa interferindo de modo negativo nas atividades diárias, e acaba gerando preocupação. O principal sintoma do Transtorno da #ansiedade generalizada é caracterizado “por uma preocupação excessiva ou expectativa”.

Não se sabe com certeza o que causa esse distúrbio mental. Existe a possibilidade que tenha relação ao funcionamento dos neurotransmissores que ocorrem de forma natural em nosso cérebro, assim como a serotonina, dopamina e norepinefrina. Acredita-se também que vários fatores contribuem para que uma pessoa apresente a doença, podendo ser de ordem genética acrescido de fatores externos.

Publicidade
Publicidade

O estresse diário, juntamente com a (menor) qualidade de vida, colaboram para que uma pessoa comece a apresentar sintomas de ansiedade generalizada.

Entre as #mulheres o número de casos de transtorno de ansiedade é bem maior do que entre os homens. Uma combinação de fatores, como mudanças hormonais e por sofrerem maior exposição ao estresse, agrava o quadro.

Traumas

#abuso sexual na infância, algum tipo de trauma ou testemunhas de eventos traumatizantes, são fatores que favorecem o desenvolvimento de transtorno de ansiedade.

Sintomas

Um dos principais sintomas é a presença quase permanente de preocupação ou tensão, mesmo quando não há motivo para isso. As preocupações familiares, amorosas, trabalho, saúde ou de outras origens causam crises de ansiedade. Mesmo que a pessoa tenha consciência que suas preocupações são extremamente exageradas, a pessoa que sofre desse distúrbio encontra dificuldade em controlar suas reações.

Publicidade

Ajuda médica

Quando a ansiedade torna-se persistente, é necessária a ajuda de um profissional, principalmente quando ocorre preocupação excessiva a ponto de prejudicar no trabalho, relacionamentos e outros setores da vida. Existem casos que demonstram sinais de depressão, pensamentos ou comportamentos suicidas, alcoolismo, dependência química chegando a drogas.

Os sintomas da ansiedade generalizada não desaparecem sem tratamento e suporte médico; ao contrário, podem piorar. Procurar ajuda médica é importante e necessário, para evitar complicações mais graves.