De acordo com o site Daily Mail, do Reino Unido, a organização sem fins lucrativos METI (Messaging Extraterrestrial Intelligence, algo como Envio de Mensagem a Inteligência Extraterrestre, em tradução livre) pretende começar a mandar sinais para o espaço a partir de 2018, na esperança de que alguma civilização alienígena intercepte a informação enviada e responda.

A sede do projeto METI encontra-se em San Francisco, na Califórnia (EUA), e seu presidente, Douglas Vakoch, acredita que já "é tarde demais para nos escondermos no Universo". Para Vakoch, pode ser que extraterrestres inteligentes estejam apenas esperando uma indicação de que a raça humana está pronta para estabelecer uma comunicação entre civilizações - mas para isso, é necessário que nos mostremos aos alienígenas.

Publicidade
Publicidade

Segundo o Daily Mail, Vakoch concedeu uma entrevista no início deste ano à Forbes, onde destacou a necessidade da criação de sinais complexos que possam ser enviados e compreendidos por inteligências alienígenas.

Como enviar uma mensagem a extraterrestres

O projeto METI está planejando enviar suas mensagens para possíveis civilizações extraterrestres através de ondas de rádio, que no vácuo do espaço são capazes de viajar à mesma velocidade que a luz (aproximadamente 300 mil km por segundo). Para executar tal tarefa, podem ser utilizados radiotelescópios potentes, como o que existe no Observatório de Arecibo, em Porto Rico, que possui uma antena de 305 metros de diâmetro.

Quanto ao conteúdo do sinal, a ideia é enviar instruções que revelem conceitos matemáticos e científicos básicos. Para facilitar a compreensão, Vakoch sugeriu a inclusão de uma espécie de "manual de instruções" a ser emitido junto com a mensagem, de modo que os alienígenas sejam auxiliados na decodificação da informação.

Publicidade

Entretanto, ainda de acordo com o Daily Mail, alguns cientistas são contra este plano, e um dos exemplos mais notórios é o do renomado físico Stephen Hawking, que afirmou que se extraterrestres visitassem a Terra, acabariam por tentar conquistar e colonizar o planeta – algo semelhante ao que aconteceu quando Cristóvão Colombo desembarcou na América, com um resultado devastador para os nativos. #Inovação #Curiosidades