Qual mulher nunca teve algum tipo de problema na região genital? Esses problemas podem ser inúmeros, desde um simples corrimento ou uma infecção até uma doença sexualmente transmissível (DST). Entre os sintomas mais comuns estão coceiras e mau cheiro vaginal.

A anatomia e fisiologia da região íntima das mulheres já propicia a proliferação de bactérias e fungos causadores de infecções. Esse risco aumenta muito durante os períodos do ano de calor intenso como o verão, em que o aumento da umidade e calor torna a região genital mais vulnerável à disseminação desses agentes infecciosos. E com isso, algumas mulheres tendem a desenvolver coceira, corrimento com mau cheiro e, consequentemente, infecções nesta região.

Publicidade
Publicidade

Felizmente, existem alguns cuidados básicos que podem e devem ser adotados como uma forma de prevenção desses problemas.

Abaixo listamos #Dicas para que você se mantenha longe dessas situações tão corriqueiras, mas que são constrangedoras, desconfortáveis, embaraçosas e indesejáveis para todas as mulheres.

Dicas para prevenir o mau cheiro, infecções e coceira na região íntima

Durma sem calcinha

Dormir sem calcinha é a melhor forma de manter a região íntima ventilada durante o período da noite. Se possível, faça isso também durante o dia usando calcinhas de tecido 100% algodão. Outra forma de manter a região ventilada também é optar por roupas leves e mais arejadas.

Sabonete íntimo

Utilize sempre sabonete íntimo durante o banho ou ducha vaginal, pois esse tipo de sabonete possui o Ph 5, o que o deixa mais ácido e propício para manter o adequado equilíbrio da flora vaginal e evitar a proliferação de fungos e bactérias tão comuns nessa região.

Publicidade

Desodorante íntimo

Use desodorantes íntimos, que são exclusivos para serem utilizados na região íntima. Ainda não são muito conhecidos, porém são eficazes.

Absorventes

Experimente não usar absorventes com cobertura seca, pois no verão se transpira mais e acaba abafando a região. Caso prefira os absorventes de uso interno, evite ficar por mais de seis horas sem trocá-los.

Banho

Se possível, tome mais de dois banhos diários e não use roupas muito apertadas. #Mulher #Saúde