E fim do ano está chegando e quando for meia-noite muitos fogos de artifício irão dar as boas-vindas a #2017. Em muitos lugares, os fogos começam a estourar horas antes da virada do ano e apesar de nós, seres humanos, comemorarmos muitos, para os cães não é nada divertido.

Quando se fala em fogos de artifício, logo as pessoas pensam na segurança e de fato ela é importantíssima, por exemplo, crianças nunca devem ficar próximas do local e não podemos utilizar aqueles que por algum motivo falharam. Acontece que na noite de #Ano Novo, as pessoas acabam se esquecendo daquele amigo que se dedicou a ela durante todo o ano, os cães.

Publicidade
Publicidade

Todo animal de estimação se assusta com o barulho dos fogos, seja um gato ou até mesmo uma ave, mas os cachorros são os que mais sofrem, já que possuem uma audição apurada e a primeira atitude que já devemos tomar é providenciar que todas as saídas da casa estarão fechadas. Quando os fogos começaram a estourar, é comum os #Animais ficarem desnorteados, e assustados correm em busca de abrigo. Alguns se escondem embaixo da cama, outros vão para trás do sofá, mas se ele ver a porta aberta poderá ir para a rua e nunca mais voltar. O animal acaba se perdendo, já que na rua encontrará mais fogos estourando e corre o risco até de ser atropelado.

Quem mora em casa, deve vedar as grades e fechar as portas. Moradores de apartamento devem certificar-se que todas as janelas estão protegidas com tela.

Publicidade

Fique atento também ao ambiente, retirando tudo aquilo que possa vir a machucar o animal, caso ele comece a correr pela casa.

Outra boa dica é ficar ao lado do seu animalzinho antes mesmo dos fogos começarem. Por volta de 22 horas já começam a soltar alguns foguetes. Coloque seu cãozinho no colo, dê a ele carinho, converse com ele baixinho tentando tranquilizá-lo, assim ele saberá que quando os fogos se intensificarem, à meia-noite, ele poderá contar com você.

Alguns animais podem fazer uso de medicamentos que servem para tranquilizá-lo, mas isso só pode ser feito quando o remédio é prescrito pelo veterinário com antecedência.

No caso do gato, não é aconselhável ficar com ele no colo, feche bem a residência e deixe que ele corra para o cantinho que desejar.

Algumas horas antes de começarem a soltar fogos de artifício, você pode deixar seu PET em um cômodo da casa com a televisão ligada e aos poucos ir aumentando o som, de forma que quando os foguetes começarem, ele não sentirá tanto, já que a televisão está com o volume mais elevado.

Algumas pessoas utilizam algodão no ouvido do animal, para ajudar a abafar o som dos fogos. Isso pode ser feito, porém, antes peça orientação ao veterinário para não vir a prejudicar a audição do seu animalzinho.