A Europa já está empenhada em criar um programa internacional que visa salvar o planeta Terra de um possível impacto causado por um asteroide. De acordo com o ex-astronauta Rusty Schweickart, um dos integrantes da missão Apollo, dependendo do impacto, a vida inteligente na Terra poderia chegar ao fim. Em uma entrevista, ele foi bombardeado com várias perguntas a respeito do tema, por exemplo, se não haveria coisas mais importantes para ele se preocupar, já que o planeta hoje enfrenta problemas diversos, como as guerras, infecções, mudança climática, entre outros, mas Schweickart reforçou a importância de se comentar sobre impactos de asteroides, pois está tratando a respeito do fim da civilização humana.

Publicidade
Publicidade

Para o ex-astronauta, a curto prazo, um vírus mortal pode realmente parecer mais importante, mas analisando a longo prazo veremos que abordar o risco de um asteroide cair em nosso planeta é algo sério, que não pode ser deixado de lado. Ele ainda disse que as pessoas e principalmente os jornalistas, têm o costume de isolar os problemas, ou é isso, ou é aquilo, mas é possível continuar cuidando dos problemas vividos na Terra e também estudar uma forma de evitar um possível impacto dos asteroides.

As perguntas foram pressionando Rusty Schweickart e quiseram saber qual a real necessidade de se criar um programa internacional agora, para evitar impactos de asteroides, sendo que, até hoje, nenhum ser humano morreu devido a um asteroide. Sem pensar, o ex-astronauta respondeu que nós não chegamos a conhecer os dinossauros, mas sabemos muito bem o que houve com eles: foram dizimados pelo impacto de um grande asteroide.

Publicidade

Todas as noites podemos ver estrelas cadentes, explicou, sendo que elas, na verdade, são pequenas rochas que entram em nossa atmosfera e pegam fogo, mas, um dia, poderá ser uma grande rocha, que não vai se desintegrar ao chegar à Terra e o impacto será destruidor.

Rusty Schweickart foi o primeiro ser humano a usar um módulo de pouso lunar, aqui na Terra, quando esteve na missão "Apollo 9" e está há anos empenhando em encontrar uma solução para impedir que a Terra venha a ser atingida por um grande asteroide. #Ciência #Tragédia #Tecnologia