A saúde intima feminina é um assunto bastante delicado. Infelizmente, mesmo com as constantes e variáveis fontes de informações encontradas na internet, muitas mulheres ainda erram ao fazer a higiene íntima, proporcionando assim meios favoráveis para o desenvolvimento de infecções e outras enfermidades desagradáveis. Às vezes, pensando fazer o certo, as mulheres cometem erros que podem causar graves consequências à saúde. Veja a seguir cinco coisas que as mulheres costumam fazer, mas que não deveriam continuar fazendo:

1 - Ficar paranoica com o corrimento

Todas as mulheres têm, umas mais, outras menos, cada uma de um tipo diferente.

Publicidade
Publicidade

A natureza do corrimento depende da fase do ciclo menstrual, segundo a ginecologista Marair Sartori. No meio do ciclo é comum o corrimento ficar mais espesso, como um muco.

2 - Usar duchas vaginais

O uso de duchas vaginais é prejudicial para a saúde vaginal da mulher. O ideal é usar água morna e, no máximo, sabonetes neutros. Não se deve exagerar no atrito na hora de lavar a região.

3 - Usar roupas muito justas ou feitas com tecidos que prejudicam a ventilação

Nada de roupas muito justas, o ideal é deixar a área ventilada, por isso uma boa ideia é dormir sem calcinha. Quando for usar calcinha, o ideal é que as peças sejam feitas de algodão e não sejam muito apertadas.

4 - Usar perfumes, desodorantes e outros produtos do gênero

O uso desses produtos pode alterar o pH vaginal e favorecer a proliferação de bactérias nocivas, causando infecções vaginais.

Publicidade

5 - Usar diariamente absorventes

Segundo Marair Sartori, o uso diário de absorventes pode causar maior umidade do períneo, estimulando a liberação de secreção vaginal e predispondo a #vagina a infecções causadas por fungos. Deve-se trocar os absorventes muito frequentemente.

6 - Culpar a vagina pelas infecções urinárias

Seja realista. Segundo Sartori, as relações sexuais favorecem o acesso de bactérias à vagina, causando as infecções. Por isso, diz ela, é importante urinar depois do sexo, expulsando bactérias.