Nos dias de hoje, é bastante comum encontrar mamães de primeira viagem que tenham mais de 35 anos. Isso acontece porque, nessa idade, a mulher costuma estar numa situação financeira mais confortável e sente-se mais segura para dar uma boa educação à criança.

A principal preocupação de uma gravidez tardia é que aumentam os riscos de gerar um bebê com problemas cromossômicos, chances que aumentam a cada ano que passa da vida fértil de uma mulher. Vale lembrar que a maioria das mulheres nessa faixa etária tem gestações normais e bebês saudáveis porque não é só a idade que conta, mas a saúde geral da mulher antes de engravidar.

Publicidade
Publicidade

O que é bom porque agora já se sabe que dá para se precaver e planejar a gravidez.

Com o avanço da medicina e a melhoria dos cuidados pré-natais, sabe-se hoje que há muitas vantagens em ser mãe nessa fase da vida, desde a diminuição do risco de depressão pós-parto até a sexualidade da mulher. Ser mãe após os 35 anos também tem as suas vantagens:

Mais paciência: mamães mais velhas costumam ter mais sabedoria e experiência para partilhar com os filhos e acabam investindo mais na educação deles. São mais pacientes e têm mais oportunidades de levar o filho à escola e participar das reuniões escolares.

Maior disponibilidade: quanto mais idade tiverem os pais, mais presentes vão estar na vida dos filhos, pois já viveram sua vida e agora reconhecem suas prioridades, planejando melhor o futuro da família.

Publicidade

O casal está mais maduro e a relação é mais equilibrada.

Melhor relação com o corpo: as mulheres mais experientes lidam melhor com as mudanças que ocorrem com o corpo, o que impede que essas alterações causem impacto na sexualidade e na sua relação com o parceiro.

Um estudo recente da Universidade de Southern Califórnia veio revelar que as habilidades mentais da mulher melhoram com a maternidade após os 35 anos de idade. Nos testes realizados, mulheres em idade pós-menopausa demonstraram melhor habilidade verbal e resolveram com melhor resultado os testes que lhe foram propostos. Segundo o estudo, a mulher fica mais "inteligente" porque o aumento hormonal durante a gestação interfere de maneira positiva nas funções cerebrais em mulheres com mais de 35 anos. #Medicina