Pão com manteiga, queijo e vinho, café com leite...e #yoga com #Cerveja. A história a seguir, 100% verdadeira, é mais uma da série “como não pensei nisso antes”.

Depois de ganhar a simpatia dos hipsters de Berlin, a Beer Yoga foi parar na Austrália e já ganhou milhares de admiradores no resto do mundo. É bem óbvio que a ideia de combinar cerveja e Yoga nasceu na Alemanha – terra de quem sabe, e muito, apreciar os sabores da vida – mas por lá, provavelmente ninguém botava fé de que a prática ganharia adeptos em outros países. Ledo engano.

A modalidade de Beer Yoga tem crescido bastante nos Estados Unidos e em diversos outros lugares do mundo.

Publicidade
Publicidade

Também pudera, né? Imagine praticar o seu esporte favorito bebendo sua cervejinha!

O programa, que pode ser chamado tanto de Beer Yoga quanto Detox Retox, surgiu de uma dúvida: se privar das coisas que gostamos não acaba fazendo mais mal do que bem? Aí surgiu essa modalidade, que tanto tem agradado seus adeptos, pois une os benefícios da Yoga com a bebida favorita de muitos. Todos os ensinamentos e posições são as clássicas ensinadas em aulas de Yoga convencionais, o diferencial é que essas aulas geralmente acontecem em cervejarias, parques, ou qualquer outro ambiente que fuja totalmente de uma academia.

Os professores de yoga e apaixonados por cerveja, Emily e Jhula, são os idealizadores do exercício. "A gente aproveita pra mostrar para as pessoas que dá sim pra ser #Fitness sem largar a cerveja.

Publicidade

As aulas são uma porta de entrada para as pessoas que não se acham saudáveis. Elas acabam praticando a Beer Yoga, se divertem, vivem e comem muito melhor do que antes" - disse Jhula.

Alguns instrutores incorporam a bebida aos movimentos de yoga, então você bebe enquanto pratica, como na imagem acima. Já outros liberam a bebedeira somente ao término da aula. O melhor de tudo é que essas aulas interativas possibilitam que as pessoas não só pratiquem um esporte juntas, mas que se socializem e se conheçam melhor, o que tem contribuído para formação de diversos casais em razão do programa. A aula com duração de uma hora mistura risos e piadas sobre a paz interior e as alegrias da cerveja aos movimentos sincronizados da ioga em nível iniciante e amigável.

Quem também anda curtindo muito a onda são as microcervejarias. Muitas delas já estão se unindo a estúdios de yoga para oferecer seus produtos e encontrar o estilo de cerveja ideal para a prática esportiva. O único inconveniente é que adeptos da verdadeira Yoga estão vendo como desrespeito essa nova modalidade: "Isso é muito engraçado, divertido e rende muitos compartilhamentos nas redes sociais. Mas, para quem conhece o mínimo da filosofia Yoga, sabe que além de uma enorme bobagem, chega a ser um desrespeito aos grandes mestres e praticantes desta arte" disse um fã da prática original em uma rede social.

Polêmicas à parte, o jeito agora é esperar que a tendência desembarque no Brasil para se jogar na brincadeira.