Neste ano, habitantes dos Estados Unidos serão brindados com um dos eventos astronômicos mais deslumbrantes que um ser humano pode observar em vida: um eclipse solar total.

O evento, esperado para acontecer em 21 de agosto, quando a lua estiver alinhada à frente do Sol, impedindo sua luminosidade, será percebido na totalidade por moradores de 12 estados norte-americanos, desde o Oregon à Carolina do Sul, agraciados por momentos de plena escuridão, segundo informa o jornal britânico Daily Star, de terça-feira (3).

Astrônomos acentuam que no Brasil e em toda a América do Sul, além da Europa, da África e das outras regiões dos #EUA, o eclipse será parcial, ou seja, não veremos o Sol encoberto por completo.

Publicidade
Publicidade

Conforme Lika Guhathakurta, astrofísica da Agência Espacial Americana (NASA), o fenômeno ocorrido pela última vez nos EUA em 1979, será amplamente estudado e registrado por milhares de testemunhas - afinal, estamos na era das câmeras digitais.

"Será o mais observado, o mais filmado e fotografado, o mais estudado e documentado e, provavelmente, o mais apreciado de todos os eclipses da história humana", destaca.

Lika explica os motivos da lua ser capaz de “cobrir” o astro rei, apesar dele ser 400 vezes mais largo que o nosso satélite natural.

“Isso [eclipse] é capaz de acontecer porque [o Sol] é também cerca de 400 vezes mais longe da Terra”, fala.

Na avaliação da cientista, o espetáculo cósmico, onde a lua e o Sol se alinham, transformando o dia em noite em algumas partes do globo terrestre, trata-se de um episódio extraordinário, digno de admiração pelos sortudos que serão capazes de vislumbrá-lo por completo.

Publicidade

"Um eclipse solar total, eu diria, é amplamente considerado como provavelmente um dos fenômenos mais deslumbrantes e incríveis que você pode observar a partir deste planeta com seus próprios olhos”, argumenta Guhathakurta.

Ela ainda acentua a possibilidade dos observadores enxergarem outras características espaciais sem auxílio de equipamentos. "Com os olhos e sem ajuda, você pode realmente ver a atmosfera exterior do sol", conclui.

No Brasil, o último eclipse total do Sol ocorreu em 3 de novembro de 1994. À época, “o dia virou noite” por cerca de 4 minutos, em diversas partes da região Sul do país.

Abaixo, veja um vídeo (em inglês) explicativo sobre o fenômeno.

#Mídia #Curiosidades