A boa notícia que diz respeito a mais um tratamento com técnica inovadora em relação ao combate ao câncer vem da Grécia, país famoso por sua história milenar e paisagens deslumbrantes, tanto é que, não à toa, é classificado como “o quintal dos deuses na terra”. Trata-se do #Hospital de Cirurgia Anti-Câncer Theagenio, localizado na cidade Tessalônica, região da Macedônia, o qual conquistou o seu primeiro prêmio através da apresentação, que foi considerada como a melhor na área das cirurgias de vídeotoracoscopia em uma competição médica internacional, que aconteceu na cidade norte-americana de Cincinnati, Ohio, um dos principais pólos de pesquisa e tratamento no que diz respeito à oncologia.

Publicidade
Publicidade

A apresentação nos Estados Unidos foi conduzida pelo cirurgião torácico e chefe da clínica Theagenio, o grego de origem cretense Nikolaos G. Barbetakis e sua equipe cirúrgica, que atua em conjunto na clínica em Tessalônica. “A implementação da cirurgia vídeotoracoscópica avançada não é somente o presente, mas o futuro de todas as cirurgias torácicas que sejam minimamente invasivas. Nossa clínica continua a tradição estabelecida no ano de 2006 e oferece métodos terapêuticos modernos, usando tecnologias de ponta. Apesar da crise econômica que atinge o país, os médicos gregos visam os melhores resultados para pacientes com câncer. O prêmio da nossa equipe de cirurgia torácica é o reconhecimento internacional de um longo trabalho que atesta o elevado nível da medicina na Grécia, enchendo a todos de orgulho”, falou o cirurgião Barbetakis.

Publicidade

Já se vão três anos desde que a clínica Anti-Câncer Theagenio foi nomeada como um centro de excelência em cirurgia torácica minimamente invasiva em toda a Europa e o hospital serve ainda como um centro de treinamento internacional para cirurgia vídeotoracoscópica.

A toracoscopia envolve a inserção de um endoscópio, que é um tubo bastante fino no seu diâmetro, tendo acoplada uma câmera. A introdução do equipamento no paciente se dá através de uma pequena incisão na parede torácica. Para muitos pacientes, a toracoscopia substitui com sucesso a toracotomia, evitando os riscos tão comuns dessa última cirurgia de peito aberto, reduzindo a dor, problemas com a transfusão de sangue e diminuição do tempo de internação hospitalar e recuperação. #Corpo #Europa