A dengue é uma doença que vem causando grande medo na população brasileira, a mesma vem se espalhando rapidamente e sua incidência é assustadora.

Se trata de uma patologia virótica transmitida pela picada de um pequeno mosquito chamado Aedes aegypti. Essa simples picada pode trazer danos irreversíveis para a #Saúde de crianças, adultos e idosos, podendo ser até fatal.

A sua reprodução acontece principalmente nos meses mais quentes do ano, quando as chuvas são mais frequentes. O mosquito costuma se reproduzir facilmente em poças de água limpa e parada, colocando os seus ovos e depois de poucas semanas as larvas começam a surgir.

Publicidade
Publicidade

A época mais quente da estação proporciona ainda mais facilidade para o aparecimento do Aedes Aegypti, pois é no verão que se comprova o maior caso da doença e, para que você consiga prevenir a procriação desse mosquitinho, algumas medidas fáceis são extremamente necessárias.

Cuidados rotineiros:

  • Não deixe que água se acumule em garrafas, pneus, vasos de plantas, ou em outro qualquer reservatório que possa conservar pequenas quantidades de água.

  • Se você costuma colocar água diretamente nos pratinhos de suas plantas, abandone esse hábito. Substitua a água por areia ou pó de café, e só depois coloque a água. É importante colocar só a quantidade necessária para manter as plantas vivas, nada de exagero.

  • A sua caixa d’água também pode se tornar o ambiente perfeito para a procriação do mosquito da dengue. Lembre-se de olhar se ela está devidamente fechada e a limpe frequentemente com produtos específicos para a limpeza de caixas residenciais.

  • Folhas e galhos nas calhas também precisam de atenção redobrada, já que, isso impede que a água escorra.

  • O uso de telas protetoras também vem sendo indicado nessa época do ano. O objeto evita que o mosquito entre na sua casa, porém ele não impede que aconteça a reprodução. O uso da tela é apenas uma medida complementar e por isso, deve estar agregada às outras práticas que impedem a reprodução do mosquito.

  • O lixo também pode ser o ambiente perfeito para a reprodução do mosquito. Muitas pessoas acham que os lixos, por acumularem água suja, não se torna o ambiente perfeito para a Dengue. Mas a grande verdade é que, onde tem água parada, há chances de reprodução da dengue. Por isso é importante que você fique atento a quaisquer ambientes que se tornam possível o acúmulo de água parada.

Minas Gerais registrou alto número de mortes pela doença no ano de 2016.

Dados revelados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou que 232 pessoas vieram a falecer devido à doença somente no ano de 2016.

Publicidade

Destas, 70,4% tem acima de 50 anos de idade.

No ano de 2013, quando o estado sofreu com a epidemia da doença, ocorreram 117 óbitos. Além das 247 mortes que já foram confirmadas, outros 41 óbitos suspeitos ainda estão sendo investigados.

O mosquito que possui as patinhas listradas nas cores pretas e brancas também é responsável pelo vírus zika e da febre de chikungunya.

De acordo com o subsecretário de Vigilância e Proteção à Saúde de Minas Gerais, Rodrigo Said, o problema se tornou nacional e necessita o envolvimento de todas as esferas do poder público e principalmente da população, que precisa estar informada sobre como evitar a procriação do mosquito. #Aedesaegypti #combatecriadouros