Um dos produtos mais queridos e consumidos por adultos e crianças em todo o mundo, a #nutella, famoso creme de cacau com avelã, está no meio de uma discussão sobre segurança alimentar!

Acontece a EFSA (Autoridade Europeia de Segurança Alimentar) emitiu uma nota afirmando que um dos ingredientes utilizados na Nutella, pode causar câncer! O óleo de palma, um dos ingredientes base da Nutella, traz grandes riscos à #Saúde dos consumidores: o consumo deste ingrediente pode provocar câncer com maior probabilidade do que qualquer outro óleo utilizado na indústria alimentícia.

Ainda de acordo com a EFSA, durante o processo de fabricação deste óleo, são gerados um tipo de composto químico chamado esteres glicidílicos, que tem grande ligação com o câncer.

Publicidade
Publicidade

A autoridade européia revelou que estudos laboratoriais feitos com ratos demonstraram maior incidência de câncer nos animais que consumiam este composto. A nota foi emitida em maio de 2016 e desde então, milhares de supermercados da Europa estão retirando de suas prateleiras a Nutella.

Não há perigo, diz fabricante

Apesar da declaração da EFSA, a Ferrero, grupo fabricante da Nutella, diz que seu produto não traz nenhum tipo de risco a saúde, pois o processo de refinamento do óleo de palma que utiliza é isento de perigo.

De acordo com a Ferrero, o óleo de palma só oferece riscos a saúde quando aquecido a 200 graus Celsius, e por esta razão a fábrica aquece este produto a menos dessa temperatura, em uma pressão baixa. Ainda segundo a fabricante de Nutella, não existe possibilidade de trocar o ingrediente por outro óleo, pois isso resultaria em um produto de qualidade inferior.

Publicidade

O óleo de palma é mais barato

Na indústria mundial, o óleo de palma é um dos ingredientes mais utilizados, seja no ramo alimentício ou cosmético. E isso se deve a uma razão muito simples: ele é mais barato que qualquer outro óleo. Só a Ferrero, fabricante da Nutella, utiliza cerca de 185 mil toneladas de óleo de palma por ano. Trocar este por outro ingrediente aumentaria os gastos entre 8 e 22 milhões de dólares por ano. #cancer