Existem vilões que vivem na boca de muitas pessoas, mas que elas provavelmente não sabem. Eles deixam a deglutição mais difícil e podem causar um #mau hálito insuportável.

Quem nunca teve #amigdalite ao menos uma vez em sua vida? Por isso, a maioria das pessoas sabe como o problema traz sofrimento e muita dor para o doente que possui tal inflamação. Durante muitos dias, o simples ato de comer pode ser uma verdadeira tortura e, em muitos casos, algumas pessoas acabam não suportando tanta dor, embora algumas sejam mais resistentes do que as outras.

O que pode acontecer

Muitas vezes, esses problemas de amigdalite, podem gerar pequenas fissuras nas nossas amígdalas, buraquinhos esses que podem, por sua vez, ficar cheios de restos de comida ali guardados.

Publicidade
Publicidade

Além disso, eles podem também ser moradias de bactérias e células mortas.

Depois de um certo tempo, o cálcio solidifica todo esse resíduo que fica nesses buraquinhos, presos nas amígdalas, criando, assim, as ‘pedras’ que se aderem às glândulas. Desse modo, elas ficam alojadas nesta região da nossa boca.

Segundo o site ‘VC Bela’, um estudo revelou que 1 em cada 4 pessoas, possuem essas 'pedras' no fundo de suas gargantas. Elas, em alguns casos, podem causar dores, inflamações no ouvido e, por fim, o famoso, ‘#bafo’ ou, mau hálito. Por isso, o certo mesmo é que essas pedras sejam retiradas o mais breve possível, para evitar que tais problemas apareçam.

Mas como acabar com o problema?

Por sorte, as pedras são fáceis de serem visualizadas, elas possuem a aparência de pontinhos brancos e estão alojadas nas amígdalas.

Publicidade

Para acabar com o problema deve-se procurar um médico otorrino ou um dentista. Desse modo, as pedrinhas poderão ser retiradas sem perigo algum e de um modo mais fácil por quem entende melhor sobre o assunto. Além disso, um especialista poderá te oferecer conselhos de como se prevenir para que isso não ocorra novamente com você, o que é mais uma vantagem em escolher procurá-lo.

Compartilhe estas informações, pois muitas pessoas, em muitos casos, podem ficar anos com essas pedras nas amígdalas sem ao menos saber que as têm e por isso, ficam sofrendo por muito tempo com mau hálito ou dores na garganta.