O #bruxismo é caracterizado pelo hábito de ranger os dentes, seja durante o período do dia ou da noite. Acomete quase 20% das crianças, entre meninos e meninas. É uma atividade parafuncional e involuntária. O apertamento, que não tem ruído e pode causar mais danos, ocorre com mais frequência durante o dia. Já o ranger dos dentes ocorre com mais frequência e com ruído durante o sono da criança.

Infelizmente, a maioria dos pais apenas procura atendimento odontológico quando os dentinhos já sofreram bastante desgaste e a criança já apresenta desconforto articular e muscular, com comprometimento óbvio da saúde. É necessário estar atento também a dores de cabeça frequentes (sem causa provável) e ao fator hereditário.

Publicidade
Publicidade

Crianças com pai ou mãe com bruxismo são mais suscetíveis.

Causas do bruxismo infantil

O bruxismo pode estar relacionado a muitos fatores. Dentre os locais, encontram-se a má oclusão, a perda precoce, tensões musculares e restaurações mal adaptadas. Dentre os fatores sistêmicos estão as paralisias cerebrais, Síndrome de Down, deficiências nutricionais, parasitoses intestinais e distúrbios otorrinolaringológicos. Dentre as questões psicológicas, há problemas familiares, medo, depressão, irritabilidade, provas escolares e prática de esportes competitivos.

A ansiedade costuma ser a causa mais comum do bruxismo entres as crianças e é, por isso, a mais estudada. Alguns pesquisadores também associam o tempo de aleitamento materno curto com o surgimento dessa para-função.

Tratamento para o bruxismo infantil

Uma vez que a etiologia desse hábito é multifatorial, requer um tratamento multifuncional.

Publicidade

A criança deve ser assistida por pediatra, odontopediatra e psicólogo. O objetivo inicial do tratamento é voltado à proteção das estruturas dentais e ao restabelecimento da qualidade do sono.

Na ausência dos fatores sistêmicos citados acima, o odontopediatra fará restaurações quando necessário e confeccionará placas de mordida. É importante que, nesse mesmo momento, a criança inicie também o acompanhamento psicológico. A motivação do paciente também é uma questão importante para a obtenção do resultado esperado. O lado positivo é que sempre a criança que tem bruxismo levará esse problema para a vida adulta. #odontopediatria #Saúde