Ser #Mulher é fácil, difícil mesmo é saber lidar com as mudanças que ocorrem com nosso corpo ao longo do tempo, e, às vezes, essas mudanças são mais mentais que físicas.

Se você tem 18 a 55 anos, com certeza, saberá o que estamos mencionando, principalmente porque é nessa faixa etária que nosso sistema reprodutor pode apresentar alguns descontroles hormonais. Por isso, leia com atenção esse texto!

Você já ouviu falar no SOP? Não? Saiba agora

O #SOP em uma definição mais técnica, significa “síndrome dos ovários policísticos” e ocorre justamente dos 18 a 55 anos de idade nas mulheres.

O que acontece é que ocorrem interferências no processo de ovulação por causa do desequilíbrio hormonal, o que pode ocasionar o aparecimento de micro cistos nos órgãos reprodutores das mulheres.

Publicidade
Publicidade

Os pequenos cistos podem até ser considerados normais, mas em mulheres que tem SOP, eles não desaparecem e desestruturam os ovários deixando-os largos acima do normal.

O excesso de secreções de androgênios aumenta, fazendo com que seus ciclos menstruais se tornem cada vez mais irregulares. O SOP afeta cerca de 20% das mulheres nas suas fases reprodutivas.

A causa

O SOP é genético. Segundo alguns especialistas, as causas dessa #Doença ainda estão sendo estudadas, visto que ainda são se sabe quais são os motivos certos. Mas o que foi descoberto foi que 50% de filhas ou irmãs de portadoras, tendem a desenvolver os problemas.

Sintomas

  • Ciclos menstruais desregulados;
  • Pouca ovulação;
  • Dificuldades para que a mulher consiga engravidar;
  • Problemas frequentes de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade;
  • Crescimento dos pelos no corpo de forma anormal;
  • A pele fica mais oleosa;
  • Excesso e ganho de peso;
  • Queda dos fios de cabelo;
  • Manchas em várias regiões do corpo, em especial nas axilas e no pescoço.

Como tratar do problema

Os tratamentos variam de caso a caso, de acordo com o grau de complexidade dos problemas da mulher.

Publicidade

Na maioria dos casos, são feitos através de pílulas anticoncepcionais hormonais indicadas pelo médico, pois diminuem e protegem o aparecimento de micro cistos nos ovários femininos.

Mas fique atenta! Não se automedique. Procure um médico especialista no assunto para dizer qual o melhor tipo de tratamento que você precisa!