Muitos tipos de câncer podem ser diagnosticados com exames preventivos e periódicos, ou seja, quanto mais cedo o diagnóstico for detectado, maiores serão as chances de cura para o paciente. Alguns sintomas podem revelar o surgimento do câncer. Especialistas do Instituto de Oncoguia, alertam para sintomas que persistem por um grande período de tempo. Mas isso não significa que o surgimento destes sintomas estejam relacionados a algum tipo de câncer.

Em alguns casos, o paciente apresenta febre repentinamente, que desaparece sem deixar diagnósticos e sem a necessidade do uso de medicamentos para combatê-la. Os especialistas explicam que a febre é considerada uma reposta do sistema imunológico, que avisa quando algo fora do normal está acontecendo em nosso organismo. A maioria dos pacientes diagnosticados com câncer, apresentam febre em determinados momento da doença. Na maioria das vezes, essas febres aparecem e somem por cerca de três vezes durante a semana.

Sentir-se cansado a todo o instante.

Geralmente as pessoas diagnosticadas com câncer, costumam se sentir muito cansadas, mesmo com uma boa noite de sono o cansaço é enorme. Isso ocorre porque as células sanguíneas sofrem uma alteração, isso faz com que os órgãos como cérebro, entre outros órgãos vitais, não recebam oxigenação de forma normal e isso acaba provocando um cansaço sem cura.

Perda de peso repentina.

Caso a pessoa perca muito peso em um curto período de tempo, sem praticar atividades físicas, ou seguir uma dieta rigorosa, isso pode ser diagnóstico de câncer. Em alguns casos, essa condição pode estar relacionada ao câncer de estômago, pâncreas, esôfago ou pulmão.

Feridas que não cicatrizam.

Feridas que surgem de forma repentina e costumam levar mais de 30 dias para cicatrizar também podem estar relacionadas aos sinais de câncer. Isso ocorre devido ao organismo fraco, por decorrência do sistema imunológico baixo. Na maioria das vezes, as plaquetas responsáveis pela cicatrização do organismo diminuem dramaticamente.

Sangramentos.

Alguns tipos de sangramentos podem estar relacionados a algum tipo de câncer. A tosse, quando acompanhada de sangue, pode estar relacionada ao câncer de pulmão. Sangue na urina pode estar relacionado ao câncer de bexiga. O sangue nas fezes pode estar relacionado ao câncer de intestino e assim por diante. Entretanto, antes de qualquer diagnóstico, é fundamental que o paciente procure pela ajuda de algum especialista para que possa receber o tratamento qualificado o quanto antes. #cancer #Doenças #doenças incuráveis