Falamos em várias doenças físicas que tem acompanhado a humanidade ao longo do tempo, como o câncer, febre amarela, diabetes, entre outras. Porém, uma doença psíquica tem chamado a atenção de muitos médicos devido ao grande número de casos no mundo todo. Falamos da tão temida depressão, que é um distúrbio afetivo que traz baixa autoestima e grande presença de tristeza na vida da pessoa.

Vamos tentar esmiuçar um pouco sobre a depressão, suas causas, sintomas e também como diminuir os casos dessa doença considerada a maior do século 21. Se você sofre com esse mal, fique atento as #Dicas.

Causas e sintomas da depressão

Primeiramente, é necessário lembrar que a depressão é uma síndrome, onde causa uma série de alterações químicas na mente do paciente, principalmente a sensação de tristeza, desânimo e falta de coragem de enfrentar os problemas que são impostos.

Publicidade
Publicidade

A pessoa deprimida não vê vontade de viver, não tem prazer em fazer coisas mais simples e cria um pessimismo muito grande em relação a tudo que está ao seu redor.

Podemos dizer que o estresse e ansiedade são os principais causadores dessa doença. Pessoas que têm em sua genética o estresse tendem a ter depressão com maior facilidade. Os fatores sociais não são uma causa direta da depressão, como muitas pessoas pensam, e sim uma consequência dela.

De acordo com uma pesquisa feita em número de prevalência, vemos que uma em cada cinco pessoas sofre ou já sofreu com a depressão em algum estágio da vida, algo muito preocupante!

Os principais sintomas da depressão estão relacionados ao humor, falta de coragem e positividade nas tarefas mais simples da vida, tristeza estampada e choro excessivo, falta de apetite, o desejo de ficar sozinho, longe da realidade, dos amigos.

Publicidade

A pessoa depressiva quer ficar isolada, não quer saber de conversar, prefere sofrer sozinha. E, principalmente, a vontade de abandonar a vida, quem sofre de depressão não vê sentido na vida.

O que fazer?

A regra é não é tão simples, porém pode ser realizada se houver força de vontade. Se você sofre com esse mal, o jeito é navegar contra a corrente, não deixar a tristeza tomar conta, buscar coisas prazerosas que vão lhe causar bem.

Aprecie as coisas mais simples que estão a sua volta, como o ar que respira, o cantar dos pássaros, o som da natureza. Procure um profissional, ele indicará o caminho certo para você sair da depressão, ou mesmo aprender a lidar com ela. #sistema de saúde