Estoque de sangue nos hemocentros de Minas Gerais está em situação preocupante. O motivo é a falta de doadores devido ao grande surto de febre amarela aliado ao período de férias. A epidemia no estado mineiro já atinge dez municípios e deixa mais cento e cinqüenta e dois em estado de alerta.

Moradores da região estão em busca de vacinas para evitar o contágio da epidemia, que tem se espalhado rapidamente por todo o estado de Belo Horizonte e que já ocasionou 32 óbitos. Motivo este que deixa os hemocentros em estado alarmante, pois quem recebe a vacina contra a febre amarela deve permanecer um mês sem fazer doação. De acordo com o portal de notícias G1 o número de pessoas que correram atrás de vacina contra a febre amarela aumentou treze vezes a mais do que no mesmo período do ano passado, somando um número de cem mil pessoas já vacinadas.

Publicidade
Publicidade

O número de doadores reduziu em grande porcentagem, há carência de todos os tipos sanguíneos, principalmente o tipo O negativo que é compatível com qualquer outro.

A Fundação Hemominas que é responsável pelo envio de sangue aos hospitais de Belo Horizonte adotou uma medida como forma de prevenir a segurança transfusional garantindo a qualidade do sangue. Seguem informações:

  • O doador deverá fornecer informações de viagens e visitas a áreas afetadas, caso o doador seja proveniente das áreas afetadas ficará 30 dias inapto a doar sangue.
  • Ao ligar na central de atendimento pelo 155 para realizar agendamento de doação o doador deverá informar ao atendente se recebeu a vacina contra a febre amarela, caso sim deverá ficar 4 semanas sem realizar doação a contar a data da vacina.
  • Caso o doador tenha contraído a febre amarela só será apto a doação após 6 meses da cura.

De acordo com os hemocentros, alguns requisitos básicos para fazer doação de sangue são: #DoeSangue

  • estar em boas condições de #Saúde
  • pesar no mínimo 50kg
  • ter entre 16 e 69 anos,desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos
  • estar alimentado
  • apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato.