Virsaviya Borun-Goncharova, vulgo Bathsheba, é uma garotinha russa de 7 anos, que como toda criança gosta de se divertir.

No entanto, Bathsheba não é como elas – pelo menos fisicamente falando. Na verdade, a jovem nasceu com o coração fora da cavidade torácica, uma condição genética que a torna diferente da maioria dos mais de 7 bilhões de seres humanos.

Com o principal órgão à mostra, protegido apenas por uma fina camada de pele, Virsaviya é portadora de uma raríssima condição: a síndrome toracoabdominal.

De tão rara, a doença se manifesta em menos de um bebê em um milhão de nascimentos, segundo o periódico britânico Daily Mirror, edição de sexta-feira (17).

Publicidade
Publicidade

Contudo, em depoimento à imprensa, ela demonstra o mesmo comportamento de uma menina da sua idade. "Este é o meu coração, eu sou a única que tem isso", fala orgulhosa.

Segundo a mãe Dari Borun, quando a filha nasceu na Rússia foi dito que ela não viveria por muito tempo.

Inconformada com o prognóstico dos médicos, Dari transferiu a filha para os Estados Unidos, na esperança da criança tratar a síndrome.

Entretanto, ouviu dos profissionais norte-americanos que a cirurgia não seria possível, pois Bathsheba apresenta problemas de pressão arterial.

"Eu fiquei muito chateada porque eles continuavam me dizendo que ela morreria em breve”, confessa a mãe (foto abaixo).

Porém, contrariando todas as expectativas, a garota já tem 7 anos e muita vontade de viver.

Publicidade

Lógico que a jovem toma alguns cuidados antes de brincar e aproveitar o tempo livre, como usar roupas leves para evitar machucar o coração.

Com objetivo de reverter a condição, a família permanece nos EUA na esperança de regular a pressão arterial da criança, para que ela se submeta a cirurgia corretiva.

"Não é fácil para Virsaviya viver com seu coração [fora do corpo], porque é realmente frágil. Ela tem que ter cuidado, pois é claro que ela pode cair e pode ser realmente perigoso - ela pode morrer por causa disso", lamenta a genitora.

Abaixo, veja um vídeo sobre a história da garota. Para acessar mais filmagens, copie e cole o link abaixo no navegador: https://www.youtube.com/channel/UCwU3CjJko0QxjbhUamXkEXw

#Mídia #Curiosidades #Ciência