De repente você se olha no espelho e elas estão lá! Parece que simplesmente surgem da noite para o dia, mudando seu aspecto, acentuando suas expressões e dando uma sacudida na auto estima. As marcas de expressão ou "rugas" como são chamadas, chegam sem pedir licença e, para algumas pessoas, principalmente para as mulheres, são um pesadelo.

Mesmo que você recorra a filtros solares, cremes que prometem resultados milagrosos ou às antigas receitas da vovó, muitas vezes nada funciona. Tem gente que fez e faz verdadeiras loucuras para parecer mais jovens, não é mesmo? É preciso levar em conta que o #envelhecimento da pele nem sempre é uma questão de idade, mas de outros fatores como: genéticos, ausência de dentes, hábitos de cotidianos como horários de sono e tipo de alimentação etc.

Publicidade
Publicidade

E que tal buscar os resultados tão desejados em um tratamento fonoaudiológico? Isso mesmo! A #fonoaudiologia estética tem feito sucesso para quem busca suavizar as tão temíveis marquinhas do tempo.

Apelidada de #musculatura facial, no tratamento, o paciente passa por sessões onde exercita os #músculos da face, ativando as células, a irrigação sanguínea, o que consequentemente firma os 30 músculos que compõe a musculatura da face.

As indicações variam de paciente para paciente, mas geralmente são indicadas para homens e mulheres na faixa dos 30 anos de idade, que desejam recuperar o aspecto jovem, fortalecer e sustentar a pele. Mas os benefícios não param por aí, vão da beleza à saúde, pois com o aumento da vascularização e oxigenação, há uma melhora na respiração, deglutição, mastigação e fala.

Publicidade

O tempo de tratamento varia de caso para caso, mas, em média, em 6 meses já se alcança o efeito desejado, e aos 3 meses, em alguns casos, já se observam diferenças satisfatórias.

Que tal deixar de lado algumas ideias já conhecidas e recursos da moda que muitas vezes não são a garantia dos resultados esperados e tentar algo mais saudável e natural?

Quem experimentou garante, os resultados são incríveis, compensadores e surpreendentes. #envelhecimento #fonaudiologia