Vivemos a era de estética. Tudo hoje precisa ser, além de útil, belo, encantador, superior a tudo e a todos. Isso no cabelo, nas curvas do corpo, no formato de sobrancelhas e nariz. Não podia ser diferente na #Odontologia.

A cor dos dentes tem chamado a atenção das pessoas. O sorriso de celebridades cada vez mais claros é alvo de desejo pelo público em geral. Ele está na televisão, em outdoors, nas passarelas. Para onde olharmos hoje encontramos um sorrisão estampado com dentes branquíssimos.

Mas será mesmo que todas as pessoas podem ter esse sorriso branco apenas com clareamento dental?

Como funciona o clareamento dental

Este procedimento é capaz de remover a pigmentação que está presa na superfície dental que a escova e a pasta de dente (mesmo as que prometem clareamento) não são capazes de tirar.

Publicidade
Publicidade

A substância utilizada penetra na "trama" do esmalte (parte mais superficial do dente), quebra as moléculas de pigmento permitindo que elas deixem essa "trama" e devolvam a cor natural do elemento dentário.

Inicialmente é necessário esclarecer que existem duas formas de realizar este procedimento: através de moldeiras de silicone em casa e em sessões no próprio consultório odontológico. Um produto chamado peróxido de carbamida é o responsável pelos dois tipos de clareamento; a diferença entre eles está na concentração dessa substância.

No consultório usamos peróxido de carbamida a 35% e nas moldeiras em casa usamos comumente o peróxido de carbamida a 16% ou 22%. O cirurgião-dentista fará a melhor indicação para cada caso. O acompanhamento profissional é fundamental para o sucesso e segurança do tratamento.

Publicidade

Contra-indicações para o clareamento dental

Não são todos os pacientes que podem fazer uso dessa técnica para ter um sorriso mais claro (ou "mais branco"). Pacientes que possuem problemas periodontais não tratados, cáries ou qualquer outra patologia oral não devem realizar nenhum tipo de clareamento dental antes do tratamento adequando para seu caso. Gestantes também estão contra-indicadas. Na presença de material restaurador anterior, facetas, coroas torais e determinados tipos de manchas o cirurgião-dentista irá orientar o melhor plano de tratamento. #clareamentodental #Estética