Cuidar da própria intimidade é algo necessário para a #Saúde e o bem-estar das partes íntimas. O organismo costuma dar sinais que indicam que alguma coisa está errada, e a vagina também faz isso.

Além disso, existem coisas que muitas pessoas ainda não sabem sobre a intimidade e que deveriam saber. Veja quais são algumas curiosidades que são de extrema importância ter conhecimento. Confira:

1) Ela emite S.O.S.: se algo está errado, a vagina emite sinais claros que isso está acontecendo, como, por exemplo, através de corrimentos ou cheiros desagradáveis, além de coceiras e dor ao urinar. Por isso, caso perceba tais mudanças, procure um ginecologista.

Publicidade
Publicidade

2) Ela tem a medida adequada: a vagina tem o tamanho médio de 8 centímetros aproximadamente, que vai desde a vulva ao útero. Quando a mulher fica excitada, ela pode aumentar o tamanho entre 10 e 15 centímetros. Isso acontece para que, no ato da penetração, o espaço seja adequado.

3) Atente-se ao começo da vagina: as terminações nervosas que são as responsáveis pelo prazer estão no começo do órgão. Cerca de 5 centímetros iniciais, o que deixa claro que o tamanho do órgão sexual masculino não interfere no prazer que a mulher terá.

4) Alguns corrimentos são normais: é preciso entender que alguns corrimentos são normais. O que se deve observar é se existe algum odor ou coceiras, pois, nesses casos, podem indicar algum indício de doença.

5) Ela é autolimpante: a vagina possui bactérias que são consideradas boas e que são extremamente importantes para evitar bactérias indesejáveis.

Publicidade

Por isso, exagerar no banho pode acabar fazendo com que exista a perda dessas bactérias boas que irão combater os microrganismos malignos.

6) Olhe sempre no espelho: a mulher deve se olhar intimamente no espelho para verificar se a vagina está bem, sem nódulos, inchaços, verrugas ou qualquer coisa que não seja normal.

7) Lubrificante: quando a mulher está excitada, a vagina começa esquentar e esse processo faz com que um lubrificante natural seja expelido. Esse lubrificante pode variar de mulher para mulher, umas um pouco mais molhadas e outras nem tanto. A falta da lubrificação durante o momento íntimo pode ser algum problema hormonal ou psicológico. Nestes casos, o ideal é consultar um especialista. #mulheres #Curiosidades