Páscoa chegando e um “cheirinho” de #chocolate paira no ar...

Surge então aquela vontade incontrolável de “comer só um pedacinho” e, em seguida, a culpa, o remorso e horas intermináveis na esteira para compensar o deslize.

Mas, afinal, chocolate pode?

É mesmo necessário abolir esse alimento para ser saudável?

Que é bom, todo mundo sabe, mas, o que pouca gente sabe é que existe uma forma de o delicioso chocolate contribuir para a saúde, de maneira significativa.

O fruto que dá origem à iguaria, o cacau, não é conhecido como o “fruto dos deuses” por acaso. Nele, existem propriedades naturais que podem fazer muito bem à saúde, além de proporcionar uma enorme sensação de prazer.

Publicidade
Publicidade

E, melhor, sem culpa!

A versão do chocolate amargo é, sem sombra de dúvidas, a melhor opção de consumo, pois possui uma quantidade maior de cacau.

Para não ter dúvidas, o chocolate, a partir de 70% cacau, é considerado uma boa escolha. Prefira os sem adição de açúcar para melhor aproveitamento de seus benefícios.

Confira, agora, algumas vantagens que podem ser adquiridas com o consumo do chocolate amargo.

1 – Protege o organismo

O cacau é rico em antioxidantes, por isso a versão amarga do chocolate, a partir de 70%, pode ajudar o organismo a combater os radicais livres (compostos que danificam células sadias do corpo), neutralizando ainda o envelhecimento precoce.

Não há como o organismo não produzir os radicais livres, mas é possível inibir seus efeitos com a ajuda desses alimentos ricos em antioxidantes, que permitem que as células e membranas não oxidem, renovando sua jovialidade e potencialidade.

Publicidade

2 – Previne o câncer

Estudos ainda estão sendo realizados na confirmação do auxílio do chocolate amargo contra a doença, porém os avanços são significativos, já que ele é rico em flavonoides e promove uma experiência prazerosa em sua degustação.

3 – Melhora a saúde do coração

Os flavonoides também ajudam a controlar a pressão arterial e melhoram o fluxo sanguíneo para o coração e cérebro. Auxiliam no bom funcionamento das plaquetas, reduzindo o risco de coágulos e AVCs.

4 – Melhora o colesterol

Encontrada no chocolate amargo, a manteiga de cacau contém quantidades de acido oleico (o mesmo presente no azeite), uma gordura boa para o coração. Um estudo revelou que o consumo de 3 semanas de chocolate amargo resultou em uma melhora do HDL (bom colesterol). E o consumo de 15 dias apresentou queda do LDL (colesterol ruim)

5 – Melhora a função cognitiva

Conforme citado anteriormente, como os flavonoides presentes no chocolate amargo potencializam o fluxo sanguíneo para a substância cinzenta cerebral, isso aumenta a concentração e impulsiona o foco e a memória.

Publicidade

Ainda sugere-se que o consumo dos flavonoides do cacau pode ser benéfico, no caso de baixos estímulos cerebrais, como demência e AVC.

6 – Melhora a pressão arterial

Pesquisadores descobriram que o chocolate amargo pode diminuir a pressão arterial em diabéticos e hipertensos e ainda minimizar o açúcar no sangue, em jejum.

Serão precisos mais motivos para consumir essa delícia?

Salientando que o excesso é sempre ruim. Bom senso sempre será seu melhor amigo no quesito alimentação. Saiba escolher a melhor opção, consuma com moderação e beneficie-se dos prazeres e estímulos nutricionais que o chocolate oferece. #fitness #saudável