A #Menstruação já é um período complicado para a #Mulher, pois mudam muitas coisas nesse período, como o humor, hormônios entre outros fatores.

Na hora de ir ao banheiro, percebe-se que saiu um coágulo de sangue e lá vem o susto. A primeira pergunta que se faz é: o que é isso? Mas calma, esse tipo de alteração é comum, apesar de assustar. Será que é necessário bater aquele desespero? Será alguma doença?

Segundo ginecologistas, alguns fatores podem causar essa alteração. Entenda um pouco sobre o assunto.

Por que as vezes vem esses coágulos? Para a menstruação ocorrer, o endométrio precisa liberar sangue, que de forma natural descola do útero.

Publicidade
Publicidade

É uma descamação que acontece no tecido uterino e isso é natural e necessário em todas as mulheres. A quantidade que a mulher sangra é que difere na coagulação do sangue. Varia de mulher para mulher a intensidade do fluxo e, em cada uma, aparece de forma diferenciada, algumas podem liberar coágulos em todos os ciclos, como também pode ocorrer apenas em um mês e isso não venha a acontecer mais.

Por que muda o fluxo? Pode mudar por diversos fatores, aumentando ou diminuindo a quantidade de dias e de sangramento no mês.

Mioma: o ciclo pode ser normal em uma mulher, mas ao passar dos anos, podem aparecer miomas. Esses fazem com que a contração natural do útero mude, dificultando o sangramento, aumentando o fluxo e eliminando coágulos.

Menopausa: Nas mulheres acima dos 40 anos de idade, os hormônios sofrem alterações e deixam o endométrio anormal.

Publicidade

Nesse caso, a menstruação desregula, é intensa e coagulada.

Anticoncepcional: A quantidade de hormônio na pílula mexe com o sangue, alterando seu fluxo. Ao fazer uso de anticoncepcional, a tendência é diminuir o sangramento e, consequentemente, não coagulando. Se acontecer de sair coágulos, um médico deve ser procurado.

Sangue coagulado pode ser algum tipo de doença? A mulher que tem um fluxo bem intenso, ao invés de sair na forma líquida, sairá coagulada, devido ao acumulo que fica na cavidade vaginal. Isso é natural e no próximo ciclo, pode ser que não venha com muita intensidade e o coágulo não ocorra. Mesmo sendo de uma certa forma comum, menstruar com coágulos, em alguns casos, pode ter indício de alguma doença. Todavia, segundo ginecologistas, raramente tem origem patológica.

Corro riscos? Apesar de não ter nenhuma relação com doenças graves, é importante procurar um médico ginecologista, afinal, somente ele saberá, através de exames, o que está ocorrendo e como pode diminuir esse fluxo com coagulação. Mas fica um alerta, pois ao liberar muito sangue, pode-se adquirir anemia. Uma boa alimentação e a ida anual ao médico, realizando exames periódicos, faz toda a diferença e a qualidade de vida será muito melhor. #Saúde