Para as mulheres, ter coceiras nos seios é um sintoma muito comum e frequente, que sempre aparece, coisa que nos homens também ocorre, uma vez que podem vir a sentir o mesmo incômodo em seu peitoral.

Porém, poucas pessoas sabem, mas nem sempre esse tipo de coceira deve ser considerada normal, pois muitas vezes é um sintoma que pode indicar que há algo mais grave com a #Saúde da pessoa.

São muitas as causas que podem explicar as coceiras nos seios, estas que vão desde simples alergias a sabonetes e cremes até as mais graves das doenças, como o câncer de mama por exemplo. É por isso que as mulheres devem estar sempre atentas a este tipo de incômodo, que, de alguma forma, merece maior cuidado.

Publicidade
Publicidade

Um problema que deve ser levado a um médico para que, se caso for referente a algo mais grave, seja tratado com a maior rapidez possível.

Causas mais comuns

Um dos motivos mais comuns para que uma #Mulher comece a sentir esse tipo de coceira é o ressecamento da pele na região. Neste caso, ela fica mais rígida e esticada, um aspecto que pode ser facilmente identificado e que requer tratamento simples a base de cremes hidratantes.

O banho com água muito quente junto com produtos que contenham altos níveis de glicerina e gordura em sua composição pode causar também muitas coceiras nos seios. Neste caso, pode se tratar de uma alergia ou apenas é questão de mudar os produtos utilizados, mas, em todo caso, também é aconselhável perguntar a um médico o que pode ser feito.

O que fazer

Para que a coceira não se agrave, o indicado é que não se deve irritar ainda mais a pele coçando-a com muita intensidade, pois isso poderá criar manchas vermelhas na região por conta do contato agressivo da pele com as unhas.

Publicidade

Se caso os sintomas não sumirem e a coceira não sessar, é preciso ir logo procurar ajuda médica para identificar qual seria o seu real problema.

As coceiras comuns que não são motivos de preocupação, como as que foram citadas anteriormente, são passageiras e costumam sumir facilmente. Já as que não somem e persistem por alguns dias na região, causando incômodos ou até mesmo feridas, são motivo para maiores preocupações e são as que requerem tratamento médico. Então, fique atenta e cuide da saúde dos seus seios! #Coceira no seios