Ir ao médico ginecologista não é uma tarefa muito confortável para a maioria das mulheres. Mostrar boa parte do corpo para um desconhecido ou falar sobre alguns assuntos constrangedores pode ser algo muito difícil.

Muitas vezes, a timidez e vergonha que algumas pacientes sentem na hora de uma consulta ginecológica não a deixam tirar suas dúvidas ou falar sobre determinados detalhes que são importantes e que não devem ser omitidos por elas. Isso faz com que alguns tratamentos não sejam receitados pelo médico, que, por fim, fica desinformado sobre a real situação da paciente.

Veja a seguir, quais são as 10 perguntas que a #Mulher não deve deixar de fazer para o ginecologista para que ele possa receitar o tratamento especifico, caso você esteja com algum problema:

1 - Sobre seu ciclo menstrual

Se ele está desregulado, como ele é, se houve alguma mudança, conte todos os detalhes do seu ciclo menstrual para o ginecologista assim como as dores que sente neste período e o fluxo sanguíneo também.

Publicidade
Publicidade

2 - Contraceptivos

Pergunte ao médico sobre qual anticoncepcional você usa, as reações que sente ao consumi-lo ou sobre qual seria o melhor método contraceptivo para você usar, se engorda ou se muda o seu ciclo menstrual, ou seja, não deixe de ficar sabendo sobre tudo referente a este assunto.

3 - Sobre sexo

Mesmo que uma mulher ainda não esteja se relacionando sexualmente, ela deve fazer algumas perguntas ao médico sobre a prática sexual. Assim também como sobre qual método contraceptivo ela deve usar, se já deve começar a usar (se estiver pensando em fazer sexo) e sobre tudo mais o que quiser saber referente a isso.

Não há motivos para se envergonhar de mencionar este assunto, pois estes profissionais já estão acostumados a falarem sobre isso o tempo todo.

4 - A menstruação

Em especial as mulheres que estão menstruando há pouco tempo devem perguntar sobre menstruação para o ginecologista – isso em todos os sentidos.

Publicidade

5 - Sobre cólicas

Este tipo de desconforto, embora possa ser considerado comum entre as mulheres, deve ter maior atenção de for muito intenso, pois pode indicar o surgimento de uma doença grave.

6 - Sobre corrimento

Embora, na maioria das vezes, o corrimento é sinal de que a menstruação está por vir, se o mesmo tiver mau cheiro, ardência, coceira ou um aspecto diferente, pode indicar algum problema de infecção. Então, não deixe de compartilhar isso com o médico.

7 - Gravidez

Toda mulher deve estender melhor sobre o seu período fértil, como evitar ou como tentar engravidar. Este é um assunto muito importante e inevitável que deve ser abordado sem falta em uma consulta médica.

8 - Autoexame dos seios

A mulher precisa saber fazer o autoexame das mamas, isso independentemente da idade que ela tenha para que caso haja algum problema de câncer, ele possa ser tratado precocemente.

9 - Doenças sexualmente transmissíveis

Em especial quando se inicia a vida sexual, uma mulher deve tirar todas s suas dúvidas sobre DSTs para evitar o contágio.

Publicidade

Nada melhor para isso do que conversar sobre o assunto com quem entende sobre ele.

10 - Menopausa

As mulheres precisam estar preparadas para a menopausa para não sofrerem com os sintomas e incômodos que chegam junto com ela. Só um bom médico poderá indicar o tratamento ideal para amenizar todo este desconforto. #Dicas #Saúde