Recomenda-se visitar o ginecologista anualmente. Os exames médicos são importantes para aumentar as chances de evitar o surgimento ou agravamento de problemas graves, como o câncer no útero ou doenças sexualmente transmissíveis, por exemplo. Alguns #sinais em especial, porém, podem indicar a necessidade de buscar um diagnóstico médico o mais rápido possível. Entre esses sinais dignos de atenção, podem ser citados os seguintes seis:

1 - Menstruação atrasada

Se não há uma gestação em curso e a mulher não menstruou por dois meses seguidos, isso pode ser sintoma de problemas como a endometriose. Outra possibilidade é que tenha havido uma alteração hormonal devido ao abandono do uso da pílula ou mudança do produto usado.

Publicidade
Publicidade

2 - Corrimento com cores estranhas ou malcheiroso

Doenças como a gonorreia e a tricomoníase costumam produzir sintomas como corrimento vaginal malcheiroso, amarelo ou esverdeado.

3 - Dor provocada pelo ato sexual

Deficiência na lubrificação vaginal é uma das causas mais frequentes da dor para a #Mulher durante o ato sexual. Estresse, problemas no relacionamento com o parceiro e consumo de certos remédios podem também ser causas da dor durante o sexo. Há, contudo, condições de saúde que também podem ser responsáveis pelo problema, entre eles podem ser citadas infecções e o vaginismo. Conforme o diagnóstico feito pelo #ginecologista, ele poderá prescrever o uso de antibióticos, recomendar o uso de lubrificação artificial ou a prática de exercícios para fortalecimento do pélvis.

4 - Dor ao urinar

Infecções estão entre os mais frequentes provocadores de dores na hora de urinar.

Publicidade

Esse ripo de problema costuma ser combatido com a prescrição de antibióticos.

5 - Sangramento fora da menstruação

Sangrar fora do período em que a mulher deveria menstruar não é necessariamente sinal de anormalidade grave. Ele pode, por exemplo, acontecer nos dois primeiros meses após a mudança do contraceptivo usado.

Contudo, apenas o diagnóstico médico poderá definir qual a causa do fenômeno. Entre as possíveis causas estão gravidez, especialmente se o sangramento ocorrer cerca de três dias depois do sexo, mudança do método de prevenir gravidez e pólipos no útero.

6 - Coceira vaginal

A coceira vaginal, especialmente quando associada a sintomas como as alterações do corrimento vaginal já mencionadas ou dor na hora de urinar, pode ser sinal de doenças como, por exemplo, a tricomoníase.