Toda mulher precisa se consultar regularmente com um #ginecologista, isso para que ela se previna contra problemas sérios de #Saúde, sendo assim, algo que é muito importante e que não pode faltar na vida dela. Agora, se na hora da consulta, ela ficar constrangida e acabar escondendo algum fato do médico, isso pode ser muito prejudicial para a sua saúde.

Veja a seguir quais são as principais 8 detalhes que embora sejam referentes a assuntos delicados e constrangedores de se falar, não podem ser escondidos de um médico ginecologista no momento certo da consulta:

1 - Dores na hora do sexo

Toda mulher deve ter em mente que sentir dores na hora da relação sexual não é algo normal e, por isso, é um assunto que deve ser debatido com um ginecologista.

Publicidade
Publicidade

Muitos desses incômodos, podem ser referentes a doenças graves como a endometriose, adesão ou inflamação pélvica ou fibroide. Doenças estas que podem causar, até mesmo, a infertilidade na mulher.

2 - A prática da relação sexual sem segurança

Pode ser muito constrangedor e estranho uma pessoa ter que comunicar a um médico que está mantendo relações sexuais sem proteção. Porém, saiba que o profissional não vai te julgar e ele não está ali para isso e que, para ele, saber desse detalhe, é algo preciso para que ele possa melhor te avaliar.

3 - Crescimento anormal dos pelos

Muitas #mulheres se deparam com o crescimento de pelos em regiões incomuns como, no rosto e em outras partes do corpo que antes não existiam. São coisas que dificilmente um médico vai saber se você não contar para ele e que podem indicar um problema de disfunção hormonal ou algo mais grave. Por isso, é outro assunto que não pode faltar em sua consulta.

Publicidade

4 - Cólicas excessivas

Toda cólica quando é normal, causa apenas um pequeno desconforto, mas quando elas são muito mais dolorosas, muitas vezes, podem surgir por causa de alguma doença mais grave. E é por isso que esses tipos de dores, não devem ser omitidas por uma mulher.

5 - Odor estranho na região íntima

Nem sempre os diferentes odores que a vagina produz são referentes à falta de higiene na região, pois podem surgir por causa de infecções que, se não forem tratadas logo, pode deixar a mulher mais exposta as DSTs.

6 - Ressecamento da região íntima

Esse tipo de problema pode ocorrer por vários fatores, podem ser referentes a falta de estímulos do parceiro, por causa de algum tipo de disfunção hormonal ou por algum tipo de infecção. Por isso, deve ser relatado ao médico o quanto antes possível.

7 - A falta da libido

Muitas mulheres pensam que a falta de desejo sexual deve ser tratada apenas por um psicólogo, porém, é outro assunto que ela não pode deixar de conversar também com um ginecologista.

Publicidade

Isso porque tal problema pode ser relacionado a alguma doença de ordem médica.

8 - Você já teve uma doença sexualmente transmissível

Mesmo que a sua doença tenha sido tratada no passado, não é algo que deve ser escondido do seu médico. Em especial se uma mulher estiver planejando ser mãe, ela sempre deve ter que relembrar esses fatos no momento da consulta.