É muito comum ouvir o colega reclamando de dores frequentes nos joelhos ou daqueles ‘estalos‘, que chegam a dar até aflição! Lesão muito comum, a condromalácia patelar atinge corredores, ciclistas, jogadores de futebol e tênis, também atinge os ‘atletas de fim de semana’, aqueles que trabalham sobrecarregando os joelhos e até mesmo quem sobe e desce escada diariamente em casa.

“A condromalácia patelar é o desgaste da cartilagem da patela por conta do atrito gerado no movimento. A patela é um osso que está ligada somente a tendões e músculos, por isso é importante ela estar centralizada, dessa forma a força exercida sobre a cartilagem será a mesma em todo o movimento”, explica Dr.

Publicidade
Publicidade

Geraldo Granata Jr., ortopedista especialista em joelhos, diretor do CTJ – Centro de Tratamento do Joelho e Membro do Grupo do Joelho da Universidade Federal de São Paulo.

É muito comum as pessoas sentirem essas dores diariamente acompanhada de um ‘rangido’, mas não dão muita atenção e isso não está certo, é preciso procurar um especialista o quanto antes para tratar e não deixar chegar num estágio mais sério. E como é o tratamento? O ortopedista listou algumas formas de controlar e tratar a condromalácia:

  • “Em primeiro lugar é preciso se atentar às tarefas diárias para ver o que está causando o esforço da cartilagem da patela’, afirma. Os fatores podem estar em subir e descer escada com frequência, agachar muito etc.
  • Tratar com fisioterapia para reequilibrar o posicionamento da patela;
  • Condroprotetores, que são os remédios via oral como a diacereína, para sustentar a cartilagem e poder fazer esforço;
  • Hialuronato de sódio, a viscos suplementação, um produto que tem alto peso molecular, alta concentração e consequentemente uma alta viscosidade, permitindo uma grande lubrificação de toda a articulação do joelho.

Algumas dicas para evitar a condromalácia patelar também são importantes, como:

  • De olho na balança! Excesso de peso pode sobrecarregar os joelhos, e favorecer a dor relacionada a lesão.
  • Uma forma de aliviar a dor momentânea é fazer compressa de gelo, porém é necessário que o especialista esteja ciente e faça a recomendação em casos agudos e explique a forma correta. Nada de sair colocando gelo sem orientação!
  • Sentar com as pernas esticadas é importante. Ficar com elas flexionadas por muito tempo ou paradas na mesma posição pode trazer uma dor para os joelhos.
  • Sedentarismo não está com nada! Praticar exercícios com frequência é importante para fortalecer ainda mais os ossos e articulações.

Para saber se aquela dor que incomoda é condromalácia patelar, procure um especialista para realizar os exames necessários e identificar a lesão.

Publicidade

#Saúde