Um estudo liderado pela cardiologista Karina Gonzalez Carta revela que a infecção por zika não tem apenas como consequência a microcefalia, ela pode causar outros danos a saúde, como problemas cardíacos severos. No estudo foram acompanhados nove pacientes com zika, que foram atendidos em um hospital de Caracas.

Segundo a pesquisadora responsável pelo referido estudo, a equipe de cientistas não foi tomada de surpresa com o resultado do estudo, uma vez que outras doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como, dengue e chikungunya, podem causar problemas cardíacos. Porém, ela ressalta que a surpresa ficou em relação a severidade dos problemas apresentados e a rápida progressão das arritmias entre os pacientes.

Publicidade
Publicidade

Os pacientes que foram acompanhados não apresentam nenhum histórico de doenças cardíacas preexistentes ao diagnóstico de zika. Todos haviam adoecido com o vírus da zika há apenas alguns dias antes de relatarem os sintomas de problemas cardiovasculares. Essa rapidez de se desenvolverem os sintomas ainda não era conhecida no meio científico.

Alguns dos sintomas apresentados pelas pessoas analisadas consistiam em falta de ar e palpitações no coração. Após relatarem os sintomas em um formulário específico, os pacientes passaram por um processo minucioso de avaliação pela equipe médica. Realizaram exames cardiovasculares para se averiguar o que realmente estava acometendo o sistema cardiovascular dessas pessoas.

Com esses resultados alterados, os cientistas tomaram a decisão de aprofundar mais os estudos e submeteram os pacientes a uma bateria completa de exames cardíacos.

Publicidade

Incluindo monitoramento por ressonância magnética cardíaca para que chegassem a uma conclusão mais precisa da relação entre o vírus da zika e o potencial risco de aparecimento ou agravamento de problemas cardiovasculares.

O resultado desse estudo é importante para alertar ainda mais as pessoas dos danos que podem ser causados pelo #Zika Vírus. Da necessidade de se tomar medidas eficazes para combater o foco de proliferação do mosquito transmissor, assim como também orientar a procurar atendimento médico imediato ao apresentar alguma alteração na parte cardíaca depois de ter tido a #Doença. Outro alerta é para a classe médica, que precisa ficar mais atenta a qualquer problema no coração em pessoas que tenham apresentado os sintomas do zika. #pesquisa