Milhões de pessoas em todo o mundo possuem um motivo a mais para comemorar atualmente, já que uma descoberta na área da #Saúde vai mudar a vida de milhões de pessoas que sofrem com diabetes. Isso porque o FDA, que administra o registro de comidas e remédios nos Estados Unidos permitiu o teste de uma vacina capaz de acabar com a diabetes, que já causou muitas mortes por complicar doenças que tornam-se um grande problema para quem sofre de diabetes.

Além de terem um dieta balanceada onde o açúcar deve ser evistado ao máximo, muitos pacientes com diabetes sofrem com os efeitos colaterais dos remédios utilizados para controlar o nível de glicose no sangue.

Publicidade
Publicidade

A FDA autorizou o teste de uma vacina que parece ser o novo milagre para os diabéticos. O teste é considerado intermediário, o que significa que falta muito pouco para que a vacina seja comercializada, colocando fim na angústia da vida de milhões de pacientes que sofrem dessa enfermidade em todo o mundo.

Nessa fase de teste, foram utilizados 150 pacientes com um grau avançado da doença que serviram de ‘cobaias’ para o teste que já havia sido realizado em animais antes de serem testados em seres humanos. No dia 19 de março foi anunciado o resultado do teste, sendo aprovada a vacina pela FDA, agora é questão de tempo para que ela chegue a todos os pacientes do mundo todo.

A vacina descoberta pelos médicos recebeu o nome de Bacilo Camletee-Guerin. A mulher principal responsável por essa descoberta é a Dra.

Publicidade

Denise Fastman, que trabalhou durante meses afinco na pesquisa sobre a diabetes no Laboratório de Imunobiologia do Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos.

O anúncio da descoberta milagrosa foi feito pela Dra. Denise em Boston, em uma comemoração solene que será um divisor de águas na vida de milhões de pacientes que são obrigados a se medicarem todos os dias para controlarem sua doença, que até então não havia cura. Serão milhões de beneficiados com essa descoberta, que em breve poderá ser fornecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no Brasil, assim que a pesquisa or disponibilizada para outros países.

A vacina funciona eliminando a substância prejudicial que é liberada no organismo de quem possui diabetes 1. Conhecida como TNF, Fator Necrose Tumoral, a vacina aumenta temporariamente essa substância, que elimina o componente que é considerado o causador da diabetes do Tipo 1 no organismo dos pacientes. #Medicina