A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) finalmente divulgou nessa quarta-feira (17) que registrou o #Teste para detectar a presença do anticorpo do vírus HIV. O kit poderá ser vendido em farmácias e drogarias de todo o país e funciona a partir da coleta de gotas de sangue.

Até o momento, testes de HIV eram feitos somente com intermédio de profissionais de #Saúde em laboratórios, centros de referência e unidades de testagem móvel.

Teste dura 20 minutos

O teste do vírus HIV/AIDS, objeto de estudo da Anvisa desde 2015, finalmente foi liberado para a venda. O teste de HIV virá num kit composto por líquido reagente, lanceta para perfurar o dedo, sachê de álcool e um tubo para coletar sangue.

Publicidade
Publicidade

O resultado, muito semelhante aos de gravidez ou diabetes, vem em forma de linhas que mostram se há ou não anticorpos do vírus HIV. Denominado de Action, o teste da empresa Orangelife Comércio e Indústria fornecerá o resultado em apenas 20 minutos, mas sem valor de mercado definido.

A empresa responsável diz que o teste apresenta 99,9% de efetividade, com a condição de que a presença do vírus só se manifesta 30 dias após de contrair a infecção. Em caso de um resultado positivo, a pessoa deve se dirigir ao posto de saúde para averiguar a veracidade e iniciar o tratamento [VIDEO]. Se o resultado der negativo, o teste deve ser repetido 30 dias depois para checagem, pois este é período que corpo precisa para produzir anticorpos do vírus.

Quem deve realizar o teste

O teste necessita ser refeito todas as vezes que uma pessoa for exposta ao vírus.

Publicidade

Devem fazer o exame pessoas que se encontram nas seguintes situações:

  • Quem fez sexo sem camisinha (vaginal, anal ou oral);
  • Mães que já estão infectadas e podem passar o vírus para o filho durante a gestação,o parto ou a amamentação;
  • Quem partilha da mesma seringa ou agulha contaminada por mais de uma pessoa;
  • Quem fes transfusão de sangue contaminado com o HIV;
  • Quem usou algum tipo de instrumento que fura ou corta e não foi devidamente esterilizado.

Para Marco Colovatti, presidente da empresa que fabricou o teste, Orange Life, será fabricados 100 mil testes por mês e, em 30 dias o teste já pode ser encontrado nas farmácias. O preço ainda não definido, mas especula-se um valor em torno de R$ 50,00 por unidade.

No Brasil, cerca de 110 mil pessoas estão contaminadas pelo vírus. #HIV AIDS