Todo mundo sabe a importância da prática de exercícios físicos e dos benefícios trazidos não só na parte estética, mas também na saúde física e mental. Tendo em vista as vantagens de uma vida mais ativa, algumas pessoas até se dispõem a mudarem seus hábitos e a levarem uma vida menos sedentária.

Porém, com o passar do tempo, o desânimo toma conta e vai ficando cada vez mais difícil largar o conforto do sofá e sair de casa para se exercitar. Se você se identificou com a situação, saiba que é possível reverter esse desanimo e continuar firme e forte com os exercícios. Veja abaixo sete dicas de como se manter motivada(o) e acabar com a preguiça na hora de malhar:

Adapte os exercícios de acordo com sua rotina

A falta de tempo é apontada por muitos como empecilho na hora de começar uma atividade física.

Publicidade
Publicidade

Mas você não precisa passar horas na #academia para poder desfrutar dos benefícios dessa prática. Trinta minutos por dia são o suficiente para uma melhora na saúde, segundo os médicos.

O ideal é que você vá até uma academia e converse com o instrutor, monte um circuito de exercícios rápidos que não tome tanto o seu tempo. Você também pode procurar por academias que sejam próximas ao local de trabalho ou estudo. Assim, quando estiver indo embora, já será caminho para academia, eliminando a etapa de ter que deixar o aconchego da sua casa para ir se exercitar.

Chame um amigo para malhar com você

Ter uma companhia na hora do treino pode tornar essa tarefa mais divertida. Além do mais, quando bater o desânimo, um poderá incentivar o outro a não faltar a aula.

Faça as coisas no seu ritmo

Se você é uma pessoa sedentária, não vá querer correr a maratona de São Silvestre logo de cara.

Publicidade

Além de poder se lesionar, o corpo pode não aguentar o cansaço e a fadiga fará com que você não consiga retomar os exercícios no dia seguinte (talvez nem na próxima semana).

Dê tempo para que seu corpo se adapte a sua nova rotina, comece devagar e vá aumentando o ritmo aos poucos conforme for ganhando mais resistência.

Escolha algo que goste de fazer

Não adianta insistir na musculação se o que você gosta mesmo de fazer é dançar. É claro que exercício nenhum é moleza e que sempre envolve esforço e dedicação por parte de quem o pratica, mas se a atividade escolhida não está lhe dando nenhum tipo de prazer, é melhor optar por outra modalidade que tenha mais a ver com você.

Trace metas

Faça uma lista de pequenos objetivos que pretende alcançar com o seu novo estilo de vida e estipule prazos para alcançá-los. Quando finalmente conseguir atingir uma das metas, comemore o seu feito. Isso lhe dará a sensação de vitória e lhe animará para conseguir concluir o seu próximo objetivo.

Faça uma playlist animada

Segundo especialistas, a prática de atividades físicas acompanhada de músicas faz com que o corpo perceba a dor e o cansaço causados pelo exercício de maneira mais amena, aumentando assim o desempenho de quem se exercita dessa forma.

Publicidade

Além disso, a música melhora o humor e o instinto faz com que o corpo tente acompanhar o ritmo da batidas, dando mais gás e disposição ao corpo.

Use aplicativos que incentivam a malhar

Há alguns aplicativos que usam maneiras bem criativas para incentivar o usuário a fazer exercícios. O aplicativo Pact, por exemplo, faz uma aposta com você: caso cumpra sua tarefa de se exercitar, você acumula bônus que podem ser revertidos em dinheiro. Se não conseguir cumprir a tarefa, é você quem deverá pagá-los.

Mas não vale trapacear. O aplicativo usa GPS para confirmar se a pessoa está mesmo no local estipulado para a prática da atividade. Outros aplicativos também ajudam de outras maneiras, como na organização de atividades, acompanhamento de resultados, sugestão de exercícios , entre outras coisas. Vale muito a pena dar uma conferida.

As dicas acima podem ser de grande ajuda, mas nada substituirá a sua força de vontade. Por isso, tenha foco nos seus objetivos e não se permita desistir jamais. #ExerciciosFisicos #Fitness