Para quem ainda não conhece, a oniomania é um #distúrbio, um transtorno compulsivo que faz com que a pessoa, seja ela homem ou mulher, tenha a mania exagerada de comprar.

Embora pareça algo engraçado ou esquisito, o transtorno é considerado pelos especialistas como uma doença que requer tratamento intensivo e acompanhamento especial, seja de um psiquiatra ou de um psicólogo que entenda do assunto.

A palavra oniomania tem o seguinte significado: onios – vem do grego – significa ‘à venda’ e mania, é referente à insanidade. Sendo esse o nome de uma enfermidade real que está sendo muito recorrente atualmente e que também é conhecida como ‘síndrome do comprar compulsivo’.

O distúrbio começou a ser estudado desde 1915, por um especialista chamado Kraepelin que iniciou tal pesquisa, que, posteriormente, teve continuidade realizada pelo pesquisador Bleuler.

Publicidade
Publicidade

Desde então, a doença já é discutida em diversos estudos que abordam temas referentes à #Saúde mental das pessoas e isso já faz mais de 100 anos que vem acontecendo. O principal agravante de tal problema, se deve à facilidade que as pessoas estão tendo cada vez mais em comprar, facilidades estas oferecidas nos tempos mais modernos.

Como a doença se manifesta

Atualmente, com tanta tecnologia presente na vida das pessoas, elas estão cada vez mais comprando, seja por telefone ou compulsivamente pela internet. Sendo assim, a facilidade de escolher um produto em uma página de um site ou através de um catálogo, é algo que está sendo muito negativo para esses pacientes.

Como já era de se imaginar, o distúrbio atinge mais as mulheres e se manifesta em meio ao desejo incontrolável que cada uma tem de comprar coisas que, muitas vezes, são completamente desnecessárias.

Publicidade

Desse modo, esses produtos, depois de comprados, são deixados de lado, pois foram adquiridos apenas por causa da compulsão da pessoa que sofre de oniomania.

Além de deixar a pessoa financeiramente prejudicada, o transtorno ainda pode trazer sentimentos ruins como a culpa que, em casos mais graves, pode gerar outras doenças como a depressão e a ansiedade.

Principais problemas

Quem sofre com esse distúrbio, geralmente, tem um enorme vício incontrolável de comprar e isso causa grandes prejuízos em sua vida como:

  • Contração de dívidas exorbitantes, seja com cartões de créditos ou empréstimos bancários;
  • Podem ter uma renda familiar totalmente comprometida;
  • Podem ter o relacionamento familiar também comprometido.
  • Tendem a roubar, quando o dinheiro acaba.

Mesmo com todos esses fatores negativos que a doença traz para a vida da pessoa, o distúrbio em si não pode ser tratado como se fosse um tipo de desvio de caráter. É uma doença muito grave, [VIDEO]extremamente séria e que necessita de tratamento urgente.

Publicidade

Como tratar

Pessoas que possuem maior tendência a adquirirem a oniomania, normalmente possuem as seguintes características:

  • Possuem personalidade muito forte;
  • São imediatistas;
  • Possuem um bom nível cultural;
  • São perfeccionistas;
  • E são extremamente inteligentes – embora não utilizem isso para se beneficiarem.

Os pacientes também podem desenvolver compulsões como comer demais, se exercitar excessivamente ou trabalhar intensamente, tudo de forma descontrolada. Ou seja, elas tendem a fazer tudo de maneira exagerada e desordenada.

Cada paciente que sofre com esse transtorno deve ser avaliado por um médico antes de se submeter a qualquer tipo de tratamento, porém, em sua maioria, são tratados através de terapias em grupo ou com medicamos devidamente prescritos por um profissional.

Quando são tratadas, essas pessoas podem sofrer abstinências, algo semelhante ao que acontece com quem é viciado em jogos, álcool ou drogas. Por isso, o quanto antes esse problema for tratado, menos chances de sofrer a pessoa terá. #Curiosidades