Mulheres, no geral, cuidam-se bastante. Talvez, por isso, estatísticas mostram que o sexo feminino vive alguns anos a mais do que o masculino. Por saberem que higiene íntima é um dos tópicos principais nesse quesito, farmácias e grandes mercados têm departamentos especiais voltados só para isso.

São cremes, protetores e sabonetes formulados para as mulheres. Muitos prometem verdadeiros milagres, mas custam os olhos da cara. É preciso salientar que esses medicamentos, embora tenham sido estudados e pesquisados em lanoratórios, vieram diretamente da natureza. Alguns ítens baratos e naturais podem muito bem ajudar a mulher a se manter para sempre sem qualquer fungo ou bactéria na vagina.

Publicidade
Publicidade

É claro que diante de qualquer alteração do corpo, sempre se recomenda que a mulher busque a ajuda de um especialista. Os ginecologistas e dermatologistas podem indicar o medicamento certo para a mulher, sejam os industrializados ou os naturais.

A mulher já tem um sistema próprio que limpa as bactérias de sua região íntima. Utilizar qualquer medicamento, sem orientação médica, além de não necessariamente resolver o problema, pode ser muito perigoso.

Cuidados simples

Uma simples ducha já pode tirar o mau odor da vagina, mesmo que ela esteja com alguma infecção. É preciso ter cuidado para lavar apenas a parte externa do órgão genital - a vulva - procurando não provocar nenhum machucado. Isso porque lavar a parte de dentro pode ser prejudicial ao sistema protetor da mulher, prejudicando seu sistema contra as bactérias.

Publicidade

Evite ainda roupas mega-apertadas e procure peças íntimas feitas de algodão.

Outros ingredientes naturais para a higiene íntima

Vinagre - A limpeza também pode ser feita com o vinagre comum, o branco. Ele ajuda a tirar o mau cheiro e evita a formação de fungos. Tudo o que você precisa é misturar dois copos de água quente com duas colheres (chá) de vinagre branco e usar a mistura para lavar a vulva. Basta em seguida enxaguar bastante com água morna. Cuidado, não use uma água muito quente.

Babosa - Para a limpeza, basta tirar o gel que fica nas extremidades da planta e misturar com dois copos de água. Em seguida, lave bem a parte externa e, novamente, utilize água morna, tendo certeza que todos os resíduos foram retirados.

Folhas do limão - Elas não dão alergia e têm a capacidade para eliminar infecções. Também podem ser usadas contra o mau odor na axila e até em tratamentos de espinhas. Nessa receita, basta colocar um punhado das folhas em meio litro de água fervendo. As folhas devem ficar 15 minutos. Em seguida, a panela deve ser tapada, até que a água esfrie. O chá formado pelas folhas é que deve ser passado na vulva, procurando atender, mais uma vez, apenas sua parte externa. Depois, basta enxugar a área. #UniversoFeminino #SaudedaMulher #Saúde