O famoso físico teórico #Stephen Hawking, considerado um dos homens mais inteligentes do mundo, tem avisado que a espécie humana não pode continuar, metaforicamente falando, mantendo todos seus ovos no mesmo cesto. Segundo ele, o espaço é a única saída para a sobrevivência da humanidade, que deve investir mais seriamente em pesquisa espacial para conseguir colonizar outros planetas.

Segundo o cientista britânico, a mudança climática em curso atualmente ameaça a continuação da existência humana no planeta #Terra. Ele qualificou o problema de o maior inimigo que a espécie humana enfrenta no momento. Além disso, afirma, a ascensão da inteligência artificial representa um desafio porque, provavelmente, revolucionará diversos aspectos das sociedades existentes.

Publicidade
Publicidade

Por um lado, ela pode ajudar a humanidade a resolver alguns de seus problemas mais importantes, urgentes, duradouros e desafiadores, tais como doenças ainda incuráveis, a pobreza e os males causados ao meio ambiente e à saúde pela poluição desenfreada. Por outro, o poder da inteligência artificial pode também ser usado com fins malignos por pessoas e instituições inescrupulosas.

Pior ainda. Segundo o físico, as máquinas têm o potencial para alcançar o patamar evolutivo do homem e torná-lo obsoleto. Hawking afirmou que a criação de máquinas dotadas inteligência artificial poderá tanto se revelar uma gigantesca benção como uma insuperável maldição, tais são os riscos e esperanças que já podem ser divisadas na atual etapa de seu desenvolvimento.

Justamente porque há grandes riscos à frente, o cientista, que desde a juventude convive com a esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa que progressivamente rouba o domínio do corpo do paciente, tem persistentemente defendido que a sobrevivência dos seres humanos depende de serem capazes de deixar para trás o que chamou, na Espanha, no ano passado de "nosso frágil planeta".

Publicidade

Ele esteve no país ibérico participando da terceira edição do Festival Starmus, que celebra a astronomia, a pesquisa espacial e as artes e ciências ligadas ao estudo do espaço. Hawking também defendeu sua visão, que muitos julgam excessivamente alarmista, no documentário Expedição Terra Nova, que a rede britânica BBC exibirá como parte do programa científico Tomorrow's World (Mundo do Amanhã), que retorna à grade da emissora depois de 14 anos de ausência.

No documentário, o físico apresenta possibilidades para o futuro do ser humano fora do planeta Terra - em Marte, por exemplo - e afirma que é preciso que o problema de colonização planetária seja resolvido antes que decorram 100 anos. #Ciência