Já pensou como seria a vida na terra se todas as doenças tivessem #Cura? Já imaginou como seria interessante ficar doente e saber que, independentemente da doença, as pessoas seriam curadas?

Não haveria risco algum se por acaso uma pessoa passasse mal, adquirisse uma doença muito grave ou ter qualquer problema de saúde, pois, para tudo, haveria cura. Um cálculo foi feito pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, e o resultado obtido é surpreendente.

O estudo descobriu que se todas as #Doenças fossem curadas, as pessoas viveriam, em média, 8.938 anos. Se isso realmente fosse real, teríamos ainda vivos entre nós os famosos homens da última divisão da Idade da Pedra.

Publicidade
Publicidade

A pesquisa foi feita baseada nas principais mortes para chegar a essa conclusão.

Katherine Keyes, professora de epidemiologia da Escola de Saúde Pública da Universidade de Columbia, explicou que a técnica que foi desenvolvida no cálculo foi baseada em estatísticas de acidentes e mortes improváveis. A pesquisadora relata ainda que hoje em dia a preocupação maior está centralizada na redução de mortes e como seria a reação da #Humanidade se a média de idade vivida fosse bem maior do que nos dias de hoje.

Portanto, os pesquisadores estão focados em descobrir como seria a vida média se apenas uma causa de morte fosse evitada, o que teria uma alteração significante no índice de morte. De acordo com Katherine, o instrumento mais utilizado que causam mortes de pessoas nos Estados Unidos são as armas de fogo.

Publicidade

Ao invés de pensar em uma expectativa de vida maior, ela afirma que atualmente os trabalhos se concentram em descobrir o porquê de alguns grupos terem resultados piores do que os demais.

Com base em análises recentes, é possível dizer que pela primeira vez há uma queda na expectativa de vida em alguns grupos demográficos, em especial as pessoas que não têm uma condição de vida muito boa no quesito equilíbrio financeiro. Há uma superioridade significativa na expectativa de vida do rico em relação ao pobre e isso é o que mais preocupa no momento.

Não seria nada ruim poder viver além do que vivemos nos dias de hoje, já que atualmente o tempo de vida médio é de 75 anos. Seria interessante poder evitar a morte de alguma forma, já que muitas pessoas no mundo vão a óbito por causa de um problema de saúde, uma doença incurável ou algo do tipo. Se um dia realmente houver uma cura, a humanidade com certeza viverá mais tempo, como comprovado na pesquisa.

Infelizmente, não se pode aguardar até que isso se torne real, pois a vida é repleta de obstáculo e as pessoas estão sujeitos a qualquer tipo de doença, algumas até incuráveis, e acidentes.