A #Pílula #anticoncepcional teve um importante papel como um dos combustíveis da revolução sexual iniciada na década de sessenta e da reavaliação dos papéis dos gêneros, permitindo às mulheres assumir controle do ciclo reprodutivo, dissociando-o do sexo, e facilitando a entrada e a permanência do sexo feminino no mercado de trabalho. Apesar de seus efeitos positivos e de sua praticidade, a pílula não é isenta de defeitos e, em determinadas condições, pode causar problemas de saúde a suas usuárias. O ideal é que, antes de começar a usar a pílula anticoncepcional, a mulher procure orientação médica. Entre os males que o uso do medicamento pode causar, podem ser citados os seguintes :

1 - Glaucoma

Estudo realizado pela Universidade da Califórnia, pela Universidade Duke e pela Universidade de Nanchang (as duas primeiras localizadas nos Estados Unido, esta última, na República Popular da China) abrangendo mais de três mil voluntárias chegou à conclusão de que o uso prolongado da pílula anticoncepcional (por mais de três anos) dobra as chances de uma mulher desenvolver glaucoma, doença que causa danos ao nervo ótico, é incurável e pode resultar na perda da visão.

Publicidade
Publicidade

2 - Trombose cerebral e outras manifestações da formação de coágulos no sangue

A pílula aumenta a possibilidade de formação de coágulos sanguíneos. Entre as razões mais graves para mulheres com tendência à formação e coágulos ou com histórico do problema na família evitarem o medicamento, já que, entre os riscos, está o de formação de um coágulo que obstrua artéria do cérebro, evento que recebe o nome de trombose cerebral, é um tipo de acidente vascular cerebral e pode matar ou deixar graves sequelas como, por exemplo, paralisia e cegueira.

3 - Sobrecarga do fígado

O medicamento é processado no fígado, por essa razão, mulheres que sofrem de males hepáticos como hepatite ou cirrose correm o risco de sobrecarregar o órgão, com graves consequências para a saúde.

4 - Câncer

Alguns tipos de câncer têm desenvolvimento regulado pelos níveis hormonais do organismo.

Publicidade

Devido às alterações hormonais que provoca, a pílula pode estimular o crescimento desses tumores.

5 - Doenças cardiovasculares

Como dito acima, o consumo da pílula anticoncepcional estimula a formação de coágulos sanguíneos, o que pode causar problemas cardiovasculares, especialmente no caso de mulheres que fumam (o hábito de fumar favorece o acúmulo de placas de gordura nos vasos sanguíneos, o que também obstrui o tão necessário fluxo de sangue) ou sofrem de hipertensão. #perigos