Visitar o ginecologista com frequência traz à mulher muitas vantagens, como permitir avaliações regular da saúde e problemas sejam detectados cedo, antes que tenham tido chance de avançar muito, além da oportunidade para tirar dúvidas. Contudo, além das visitas rotineiras, é importante que a #Mulher procure um #ginecologista se apresentar sintomas que possam indicar problemas de saúde. Entre esses sintomas podem ser citados os seguintes:

1 - Sangramentos

Segundo a Sheila Sedicias, médica ginecologista, fora do período menstrual, sangramentos são incomuns e podem até ser sinal de problemas sérios, tais como cistos malignos e até câncer do útero.

Publicidade
Publicidade

O melhor é procurar o ginecologista para diagnosticar a origem do problema.

2 - Ferimentos ou verrugas

Lesões, machucados ou verrugas na vagina ou perto do ânus podem ser, segundo o doutor Franco Chazan, ginecologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, sinais de doenças sexualmente transmissíveis. É preciso que o ginecologista seja avisado para que o caso seja diagnosticado e, se houver algum problema, ele seja tratado o mais cedo possível.

3 - Caroços na mama

Cistos na mama podem ser cistos benignos, mas também podem ser resultado de câncer de mama. Não é à toa que se recomenda às mulheres que façam o autoexame. Se a mulher achar algum ponto saliente em um dos seios, ela deve rapidamente procurar o ginecologista. Quanto mais cedo o médico for procurado, mais cedo o diagnóstico pode ser feito.

Publicidade

Se for câncer, o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura. No caso de um cisto benigno, o ginecologista decidirá se será necessária uma intervenção cirúrgica para removê-lo.

4 - Menopausa

Se a mulher sentir sintomas de menopausa (entre os quais se encontram ondas de calor, diminuição do fluxo de sangue durante a menstruação, dores de cabeça ou tonturas ou secura vaginal), especialmente se ela tiver mais de 40 anos, ela deve procurar o ginecologista para que a situação dela possa ser avaliada. Segundo a ginecologista Maria Celeste, dependendo do caso, um tratamento de reposição hormonal pode suavizar os efeitos da menopausa.

5 - Dores

Dores não são normais, são avisos do organismo de que algo está errado e de que um médico deve ser procurado. Dores abdominais, por exemplo, podem ser sintomas de cistos segundo o doutor Pedro Pinheiro.

6 – Início da vida sexual

Antes de iniciar a vida sexual, é recomendável que a mulher faça uma visita ao ginecologista para se informar sobre métodos anticoncepcionais e tirar dúvidas sobre seu corpo e sobre a vida sexual.

Publicidade

Segundo o doutor Sérgio dos Passos Ramos, membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de São Paulo, no Brasil a busca por ginecologistas costuma ser tardia e esse é um fator que prejudica a saúde das mulheres brasileiras.

7 - Irregularidades no ciclo menstrual

Segundo o ginecologista José Bento, mudanças no ciclo menstrual, tais como dores, mudanças na aparência do sangue, mudanças na quantidade de sangue do fluxo, mudanças na frequência (atrasos, por exemplo) podem ser algo normal, como indicações de gravidez, por exemplo. Porém, também podem ser sintomas de alguma doença. Por isso, esses sinais devem ser informados ao ginecologista. #SaudeFeminina