Marcas, inchaços ou feridas no corpo podem ter as mais diferentes origens e significar as mais diferentes coisas para a #Saúde do indivíduo que as possui. Podem, por exemplo, ser produtos de acidentes ou de picadas de insetos.

Uma marca relativamente comum no corpo humano é o cisto sinovial, que toma a forma de um calombo que surge na mão. Um cisto é uma bolsa de tecido preenchida por fluido, como, por exemplo, pus ou ar (este último mais comum nos pulmões). Não se sabe exatamente por que razão os cistos sinoviais aparecem nas mãos.

Sabe-se, contudo, que eles são mais comuns em mulheres do que nos membros do sexo masculino e é mais comum que apareçam em pessoas na faixa de idade entre os 15 e os 40 anos.

Publicidade
Publicidade

Entre suas causas podem estar fatores tais como ferimentos, movimentos repetitivos - um risco para algumas classes de profissionais em especial, como músicos, trabalhadores que usam computadores e ginastas - inflamações e doenças degenerativas.

Cistos mucosos, cistos que aparecem nas extremidades dos ligamentos dos dedos, são mais frequentemente achados em membros do sexo feminino que se encontram entre os 40 e os 70 anos de idade e podem estar ligados à artrite.

Geralmente os cistos sinoviais não são uma ameaça para a saúde, mas podem causar dor, fraqueza muscular e outros sintomas se o crescimento deles pressionar os nervos da região. Esses calombos podem se manter inalterados por largos períodos de tempo, mas também podem experimentar crescimento rápido em outros períodos de tempo.

Como esse tipo de marca não indica câncer, o mais comum é que o médico que atende a pessoa com ela recomende paciência e vigilância para detectar qualquer modificação que surja na situação.

Publicidade

Em casos em que o crescimento do cisto, dores ou outros sintomas recomendem a tomada de providências, os médicos podem recomendar munhequeiras ou talas para aliviar os sintomas do cisto e tentar diminuir o tamanho do calombo.

Caso a aparência dos cistos ou os sintomas que eles causam sejam um problema, o líquido que preenche o calombo pode ser drenado. Por fim, se nenhuma medida funcionar (se o calombo voltar apesar da drenagem, por exemplo), o cisto pode ser retirado por um procedimento cirúrgico que remove a capa superior dele.

Enfim, de modo geral, o cisto sinovial, por mais chato que possa ser, não chega a ser um grande problema de saúde ou ser motivo para grandes preocupações. Ressalte-se, porém, que um médico é que deve avaliar quais são as melhores opções para lidar com ele, permitindo assim que o paciente possa tomar decisões estando bem informado. #lesões #CuidadosComASaude