No geral, quando os indivíduos se relacionam sexualmente, eles querem interagir com o outro, seja para demonstrar afeto, ou simplesmente pelo prazer que o ato íntimo pode provocar. No entanto, o que muita gente acaba esquecendo é que, a falta de cuidado ou conhecimento nessa hora, pode trazer verdadeiros problemas futuros.

A sensação após o ato a dois pode ser maravilhosa e de bem-estar. Algumas pessoas ficam tão "anestesiadas" que apenas pensam em dormir e é, a partir daí, que as coisas pioram, como revela a ginecologista Leslie E. F. Page. Em recente entrevista à uma revista conceituada em todo o mundo, a ‘’Women's Health’’, Leslie falou sobre o que jamais deve ser feito após a relação íntima.

Publicidade
Publicidade

Para sua saúde, não faça mais isso após o ato íntimo

Leslie explica que é natural, após o ato íntimo, a região da vagina ficar inchada. Isso ocorre por conta do atrito do ato. Por conta disso, essa região tem mais facilidade em acabar contraindo infecções consideradas importantes.

Por isso, tudo o que ocorre após o momento íntimo na cama é importante. As atitudes que vão vir a seguir podem influenciar para sempre a sua #Saúde.

Não prenda o xixi

Algumas mulheres têm a mania de irem dormir após o sexo, mesmo que estejam com vontade de irem ao banheiro. Isso pode ser um erro grave. A uretra da mulher é muito menor que a do homem. Por isso, o caminho que as bactérias vão fazer é muito menor.

Para outro especialista em saúde, o obstetra Robert Lã, a partir do momento que a urina já está para sair e a mulher insiste em conter essa reação natural do corpo, as bactérias podem ser levadas para sua bexiga.

Publicidade

Não é à toa que elas acabam tendo bem mais infecções urinárias do que os homens.

Cuidado também na hora da limpeza

O obstetra ainda pode acontecer é uma limpeza considerada errada. Segundo Robert Lã, algumas mulher quando vão se limpar fazem o caminho do ânus para a vagina, quando o correto é, justamente, o contrário. Agindo da maneira certa, elas evitam o contágio das fezes em sua região íntima.

Usam da estratégia errada para se limparem

O obstetra lembra que a vagina por si só já possui uma espécie de sistema autolimpante, capaz de tirar as bactérias do caminho. No entanto, algumas mulheres acabam errando na hora de tomar banho.

Um erro comum, por exemplo, é o uso de sabonetes comuns na hora da ducha. Esses sabonetes podem deixar a região íntima fraca. O ideal é que se use um sabonete líquido específico, que tem o mesmo pH vaginal. Assim, a flora da região não é abalada e infecções oportunistas são evitadas.

Deixe o seu comentário. #Curiosidade #CuidadosComASaude