Se tem algo que pode acontecer e é capaz de deixar qualquer mãe desesperada, é um filho engasgando com alguma coisa. Nem todo mundo sabe exatamente o que deve ser feito quando uma criança pequena engasga e em muitos casos, se nada for feito a criança pode até morrer.

Foi exatamente esse tipo de situação que aconteceu com a criança Henry Peddar. Ele estava andando pelo jardim, tropeçou e se engasgou com uma salsicha. Ele correu para sua mãe e a mãe da criança percebeu que ela não estava conseguindo respirar.

Quando a criança tropeçou, o rolo de salsicha acabou se alojando no fundo de sua traqueia e parte da salsicha foi aspirada para o pulmão direito.

Publicidade
Publicidade

A mãe conseguiu ajuda médica a tempo. Ela e os paramédicos conseguiram salvar a vida da criança.

Entretanto, a criança ficou internada no hospital e por quatro dias ficou sedada e passou por uma terapia intensiva. Após a terapia, Henry precisou de mais quatro dias de repouso e só então ele ficou bom novamente, porém, ele ainda está se recuperando.

Caso semelhante também aconteceu com Jacob Jenkins de dois anos de idade. Infelizmente Jacob Jenkins acabou vindo a óbito depois de uma uva ter ficado alojada em sua garganta. A criança estava em uma pizzaria com seus pais. Apesar dos pais da criança terem procurado auxílio médico de maneira rápida os médicos não conseguiram salvar a vida do pequeno garoto.

São histórias tristes que acontecem com várias pessoas. Porém, se as pessoas que presenciaram estas cenas soubessem exatamente o que fazer, vidas poderiam ter sido poupadas.

Publicidade

Ações preventivas

Manter itens pequenos que possam provocar asfixia nas crianças fora do alcance delas é uma das orientações mais importantes. Elas ainda são pequenas demais e não conseguem lidar com esses pequenos objetos. Mas além disso, estar preparado caso um engasgo aconteça pode fazer toda a diferença.

Um artigo compilado pelo tabloide inglês ‘The Mirror’ mostra que algumas ações podem ser feitas com a finalidade de evitar a morte da criança. É preciso agir rápido e da forma correta.

A criança engasgou com alguma coisa, o que fazer?

Quando algum tipo de objeto ou pequenos alimentos estão ‘agarrados’ no pescoço da criança ela ficará muito angustiada, pois, provavelmente não conseguirá respirar normalmente.

Quando alguém percebe que a criança está com algo ‘entalado’, o ideal é tentar remover, porém, os dedos não devem ser colocados na garganta da criança, está é uma atitude errada, pois ao invés de remover aquilo que está sufocando e você poderá empurrar um pouco mais o ‘objeto’ e dessa forma bloquear totalmente a respiração de criança.

Publicidade

Se você não consegue remover o que está bloqueando a respiração da criança, o ideal é que você incentive ela a tossir e manter a tosse, pode ser, que essa atitude acabe por eliminar o bloqueio. Dar água para o pequeno beber, nessa situação, pode acabar piorando tudo.

Eles estão conscientes?

Se a criança estiver consciente é ideal que usem golpes traseiros. Porém, se a criança tiver menos de um ano de idade o conselho é que a pessoa se assente e deite o bebê de frente para baixo ao longo de suas coxas, apoiando a cabeça do bebê com a mão e em seguida dar até cinco golpes com o a parte inferior da palma da mão no meio das costas entre as omoplatas, como mostra a foto abaixo.

Assista ao vídeo abaixo e veja um pouco mais sobre o que pode ser feito em casos como este.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante e ajuda no diálogo. #Criança sufocando #Primeiros socorros