Você acorda de manhã e logo de cara percebe que algo não está certo. Logo ao levantar da cama, sente aquela horrível alfinetada atrás da cabeça e, então, começa uma dor quase insuportável. Na maioria das vezes, essa dor é causada por uma longa noite de insônia, desconforto ou até mesmo por ter passado dos limites na noite anterior. O que fazemos então para resolvê-la?

A maioria das pessoas geralmente se dirige até a estante, pega um analgésico e ingere sem pensar duas vezes. Acontece que este comportamento tido como simples esconde riscos extremamente perigosos à #Saúde do indivíduo. Confira conosco três remédios que podem te deixar ainda pior, se ingeridos incorretamente:

Neosoro

Vamos começar com o queridinho de todos, o famoso Neosoro.

Publicidade
Publicidade

Ao pingar duas ou três gotinhas deste remédio, imediatamente sentimos uma sensação e alívio, afinal o composto desentope as narinas em instantes quase que milagrosamente.

Acontece que este medicamento tem em sua composição o Cloridrato de Nafazolina, que pode acarretar na tolerância e até mesmo na dependência psicológica se usado em longos períodos. A bula recomenda [VIDEO]que seja usado menos de 5 dias seguidos e, mesmo assim, com a orientação de um médico.

Tylenol

Dores de cabeça? Musculares? Febre? Basta um pequeno comprimido para sanar todos os seus problemas. Porém se usado incorretamente, você terá bem mais do que uma simples dor de cabeça.

Segundo a bula, o medicamento é capaz de causar erupções cutâneas, anemia hemolítica, urticária entre outros efeitos colaterais se dosado em quantidades erradas.

Publicidade

Ao chegar no fígado, o paracetamol é transformado em NAPQI, uma substância tóxica que é rapidamente eliminada pelo corpo. Caso o paciente consuma uma quantidade muito elevada do medicamento, o mesmo pode vir a sobrecarregar o fígado.

Omeprazol

Ao sentir aquela dor de estômago quase como se estivessem dado um soco bem forte nele, você logo vai a farmácia mais próxima e compra uma caixinha de Omeprazol. Pois aí que está escondido o perigo.

Esse medicamento pode ocasionar na diminuição da produção do suco gástrico pelo estômago. Também pode desregular os níveis de magnésio no corpo e, com isso, acarretar em problemas no coração. Entre os efeitos colaterais do medicamento estão: gastroenterite, vômitos, tontura, reações alérgicas, púrpura ou petéquias.

Ressaltamos que o uso incorreto de medicamentos sem a indicação de um bom médico é, muitas vezes, a causa de problemas ainda maiores no futuro. Por isso, fuja da auto-medicação e procure atendimento profissional sempre que sentir que algo está errado com seu corpo. #Medicina #Tratamento