Se você pensa que dormir se resume em um ato muito simples, tendo apenas que se deitar em um colchão confortável, fechar os olhos, roncar e acordar ao amanhecer, você pode estar relativamente certo. Porém, existem algumas complicações envolvendo o assunto, especialmente quando você sente algumas dificuldades na hora de pegar no sono.

Muitas pessoas sofrem na hora de dormir e revelam que quando se deitam na cama, sentem ser puxados para fora do sono, apresentando movimentos bruscos e rápidos ou empurrão. Os estudiosos contam que essa sensação é um tipo de idiotice hipnótico, e que aproximadamente 70% das pessoas já passaram por essa situação.

Publicidade
Publicidade

Saiba exatamente como isso acontece

Isso costuma acontecer durante o espaço entre o #Sono e a virgília, que é conhecido pelos estudiosos de estágio hipnagógico. Quando se inicia esse estágio do sono, o cérebro dá a impressão de que se está sendo empurrados por meio de uma forte contração muscular que ocorre involuntariamente.

É isso que pode acontecer durante uma idiotice hipnótica, os músculos se contraem através dos impulsos que o cérebro envia, avisando que algo pode estar acontecendo.

Ansiedade

Estudiosos experientes no assunto passaram a observar atentamente quais eram os riscos que uma pessoa teria ao sofrer um transe hipnótico nesse momento e revelaram que isso pode aumentar ou diminuir conforme o paciente apresente níveis maiores de ansiedade ou estresse. Mesmo não tendo certeza de que isso possa realmente influenciar, ele alertam que se você possui um transtorno de ansiedade, é bom analisar cuidadosamente esses sinais na hora de dormir.

Publicidade

Por que isso acontece?

Em grandes partes dos casos, apresentar uma idiotice hipnótica não se torna motivo de preocupação, pois nessa etapa do sono os músculos começar a relaxar, o cérebro passar por algumas confusões e tem a impressão de que o corpo vai cair, alertando os músculos para se preparar para o impacto ou se proteger.

Para alguns pacientes, esse estado pode ser uma grave condição de saúde. Por isso, é importante procurar um especialista no assunto, pois só ele é capaz de avaliar e dar o diagnóstico correto.

Os estudiosos acreditam que isso possa ser hereditário, porém também pode estar ligado com algumas doenças. Veja quais são:

  • Diabetes
  • Danos cerebrais
  • Alcoolismo
  • Falência renal
  • Escassez de sono

Os danos cerebrais ocorrem quando uma parte do tecido cerebral é afetada, seja por trauma físico ou por algumas doenças. Esse sintoma pode causar náuseas, dores de cabeça, convulsões, perda de memória e dores no pescoço.

Transtornos do sono

Existem alguns distúrbios do sono que são facilmente detectados por um especialista, como a narcolepsia, que causa uma atividade cerebral irregular, incluindo mudanças de neurotransmissores e um acréscimo no risco hipnótico.

Publicidade

No momento em que esses sintomas são causados pelo distúrbio do sono, as paralisias e alucinações são mais frequentes durante os transes hipnóticos. Por isso, é aconselhável procurar um especialista, pois ele saberá como tratar adequadamente esse distúrbio. #Curiosidade #Comportamento