Esperar o momento da #Gravidez pode ser um sonho na vida de muitas mulheres. Os efeitos colaterais, no entanto, podem ser difíceis nos primeiros meses.

A doença da manhã é uma das queixas mais comuns entre os 'novas mamães' e atende pelo nome científico de Queasiness ou náusea.

O termo 'manhã', em si, é um equívoco, pois pode acontecer durante qualquer hora do dia ou da noite, geralmente nas primeiras doze semanas. Embora a experiência seja desagradável, ela não coloca o bebê em risco.

A #Doença não deve ser confundida com uma forma muito grave de náusea e vômito chamada hiperemese gravídica (HG), que pode ser muito grave e precisa de tratamento especializado.

Publicidade
Publicidade

Sintomas da doença

Quais são os sintomas da doença da manhã? Enquanto algumas mulheres podem sofrer muito durante o primeiro trimestre devido as constantes náuseas, algumas sortudas podem ignorar o sintoma completamente.

Cerca de metade de todas as mulheres grávidas experimenta vômitos e mais de 80% das mulheres experimentam náuseas nas primeiras 12 semanas - ambos geralmente desaparecem à medida que a gravidez avança.

Existe cura para a doença?

Aqueles que sofrem com doenças matinais muitas vezes recomendam uma série de mudanças de estilo de vida que podem ajudar a reduzir os sintomas.

De acordo com o NHS (sistema de saúde público) da Inglaterra, é importante seguir alguns pontos:

- Descansar bastante;

- Beber bastante líquido;

- Comer pouco e muitas vezes;

- Comer refeições ricas em carboidratos, com baixo teor de gordura;

- Comer alimentos secos ou simples, como biscoitos;

- Comer alimentos frios ao invés de quente;

- Evitar bebidas frias ou doces;

- Vestir roupa confortável e solta;

- Encontrar algo para se distrair.

Publicidade

Se sua doença da manhã não melhorar com o tempo, seu médico de clínica geral pode sugerir um curso de curto prazo de um medicamento contra a doença, que seja seguro. Outra recomendação pode ser acupressão no pulso.

Muitos também indicam remédios naturais, como gengibre, menta e vitamina B6. #Manha