O Brasil é um país apaixonado por fragrâncias. Estamos à frente dos Estados Unidos, Alemanha e até do berço da #perfumaria, França, no quesito mercado consumidor de perfumes. Somos o país onde os consumidores mais gastam em itens de perfumaria no mundo. Para nós, em nossa cultura, esses aromas estão ligados diretamente com limpeza, bem-estar, higiene e saúde. Contudo, isso não é apenas cultural. A #Ciência pode explicar de onde vem tudo isso. Conversamos com Jenny Soares, engenheira química e proprietária da "Segredos de Perfumaria", que nos falou um pouco acerca da influência da perfumaria no bem-estar do lar, do trabalho, dos ambientes e consigo mesmo.

Publicidade
Publicidade

Ela nos mostrou que existe um gráfico ilustrativo que auxilia na escolha do perfume que mais se adequa a cada pessoa e ambiente, e se chama Pirâmide Olfativa. Este gráfico é dividido entre notas de saída, notas de coração e notas de fundo. "Muita gente não sabe, mas entender isso ajudaria muito na escolha do perfume ideal", ressaltou.

A arte do perfume é conhecida desde o antigo Egito e vem sendo aperfeiçoada por perfumistas ao longo dos séculos. Hoje, com o auxílio da engenharia química e das linhas de produção, esse conhecimento, tal qual seus produtos, tem se tornado cada vez mais acessível em um mercado que só cresce a cada ano. Contudo, o mais importante a se levar em consideração sobre um perfume não é o tempo de fixação, ao contrário do que muitos pensam. Jenny nos falou sobre os elementos que compõem um bom perfume:

Notas de saída: também chamadas notas de cabeça, composta de matérias-primas mais voláteis, por evaporarem mais rápido.

Publicidade

Elas são responsáveis pela primeira impressão do perfume e logo somem, em poucos minutos. Compõe cerca de 10% a 20% da fórmula do perfume. É comum que sejam elementos mais frescos, cítricos, como bergamota, pinho, eucalipto, laranja e limão.

Notas de Coração: compõem cerca de 40% da fórmula e são a personalidade da fragrância; a essência do perfume. É comum usar elementos florais ou frutais, como jasmim, rosa e lavanda.

Notas de Base: é a impressão que fica na pele, as notas de fundo ou de base. Essas notas possuem peso molecular bem alto. É o cheiro que se difunde pela epiderme e corresponde a cerca de 40% a 50% da fórmula. Patchouli, cedro, vetiver, sândalo, âmbar e almíscar são alguns dos aromas.

Essas são as principais informações que é preciso saber para escolher o perfume que combina com cada personalidade ou ambiente. Com foco nesses estudos é que pessoas apaixonadas por fragrâncias dedicam seu tempo para desenvolver aromas para o dia a dia. “Atualmente moro aqui em São Paulo, sou apaixonada por fragrâncias, produzo e revelo os Segredos de Perfumaria, onde me preocupo em desenvolver produtos artesanais que proporcionem #bem estar no lar, no trabalho, nos ambientes e consigo mesmo.

Publicidade

Desta forma consigo dividir as sensações de conforto, equilíbrio, proximidade, criatividade, ternura e aconchego. Ou seja, as melhores sensações”, pontuou Jenny.

Só no ano passado, o mercado brasileiro de perfumes movimentou mais de 5,7 bilhões de dólares, segundo a revista Forbes. E muitas empresas, tal qual a Segredos de Perfumaria, estão procurando se situar nesse mercado, que não para de crescer, apostando em produtos artesanais que aplicam todo esse conhecimento em prol de aconchego e bem-estar no maior mercado perfumista do mundo: o brasileiro. Grandes empresas como a Natura e a Boticário também estão investindo nessa vertente.