Está sendo realizado um tratamento experimental contra o câncer de próstata e os resultados são incríveis, surpreendendo até mesmo os pesquisadores envolvidos no projeto. Dois pacientes com metástases tiveram a doença revertida, algo que eles não conseguiram com o tratamento convencional, na qual passaram por radioterapia, quimioterapia e cirurgia.

O 'Journal of Nuclear Medicine' divulgou o estudo que tem chamado a atenção de médicos do mundo todo, já que esta nova terapia muda completamente a forma como o combate ao tumor de próstata é feito e poderá servir também para outros tipos de câncer, só que esta #pesquisa é muito recente e precisa passar por muitos outros testes, até que finalmente fique disponível para a população em geral.

Publicidade
Publicidade

Chamada de '225Actínio-PSMA-617", esta terapia consiste em aplicar uma substância radioativa no paciente, acompanhada por um exame de imagem, o PET-CT. Em seguida, esta substância 'explode' as células do tumor [VIDEO] e assim é possível combater a doença.

Miguel Srougi, professor da USP e que tem acompanhado este estudo de perto, explicou que as células do câncer, localizadas na próstata, produzem o PSMA que acaba se fixando no anticorpo e assim é formado um composto. Com o exame de imagem é possível levar a substância radioativa exatamente até o alvo, que é o tumor na próstata.

Já tem 3 anos que 80 pacientes estão sendo submetidos a esta nova terapia, mas apenas os resultados em dois pacientes foram divulgados, entretanto, os pesquisadores garantem que em breve estarão publicando outros casos que também apresentaram respostas satisfatórias.

Publicidade

Nos dois pacientes citados na matéria do jornal, foi possível baixar os valores do PSA depois de apenas 4 sessões, sendo que antes o nível era de 3000 ng/ml e depois das sessões, chegou a cair para 0,1 ng/ml.

Novos exames de imagem foram feitos e constatou-se que as metástases desapareceram por completo, sendo que antes era facilmente visualizada.

A próxima fase deste estudo consiste em continuar acompanhando estes dois pacientes para saber se eles terão uma vida satisfatória e o câncer não irá voltar a atacar a próstata.

Durante o tratamento com esta nova terapia, o único efeito colateral registrado é que os pacientes ficaram com a boca seca, mas isto é por causa da destruição das glândulas salivares, algo já esperado pelos médicos.

Para que este tratamento seja considerado realmente eficaz, é preciso que dezenas de outros casos com sucesso sejam apresentados ao mundo. Os pesquisadores admitem que ainda não podem dizer com total certeza que não ficou nenhuma célula cancerosa nos pacientes, mas estão satisfeitos com o resultado até o momento e continuarão com as pesquisas. #cancer #Câncer de próstata