Boa notícia para os homens? De acordo com uma pesquisa feita pela renomada universidade americana de Harvard, sim. Pesquisadores dessa instituição constataram, depois de anos de pesquisa com mais de 31 mil homens, que ejacular frequentemente reduz significativamente o risco do homem contrair câncer de próstata. A pesquisa foi divulgada pelo jornal European Urology e diz que as pessoas do #sexo masculino que ejaculam em torno de 21 vezes ao mês conseguem ficar protegido do tumor.

Detalhe: os pesquisadores deixaram claro que não importa de que forma os homens venham a ejacular, através de masturbação ou de sexo com uma parceira.

Publicidade
Publicidade

Desde que eles ejaculem, em média, 21 vezes, já estarão diminuindo o risco de contraírem o câncer.

Os pesquisadores comentam que isso acontece porque, com a #Ejaculação frequente e a eliminação do esperma, o organismo do homem consegue liberar as glândulas que causam infecções e tumores na região da próstata. Além disso, ainda de acordo com os pesquisadores, a ejaculação também ajuda o organismo do homem a cessar inflamações na região da próstata – que dão início ao câncer.

“Esse grande estudo prospectivo fornece uma evidência forte [VIDEO] do papel benéfico da ejaculação na prevenção do câncer de próstata.”, diz uma das pesquisadoras, Jennifer Rider, que também é a líder do estudo. Ela complementou dizendo que não dá para analisar bem o número exato de vezes que o homem precisa ejacular por mês, mas isso certamente está em torno de 21 vezes.

Publicidade

A pesquisadora alerta, também, para a questão de que o ato, caso seja através de sexo, precisa ser de modo seguro e de preferência com um número mínimo de parceiras, por questões de evitar contrair DSTs (doenças sexualmente transmissíveis).

Como ter uma vida sexual saudável e constante

Segundo a pesquisadora Maria Luiza Crunivel, que também é terapeuta de casal e sexóloga, a falta de uma boa alimentação, o consumo exagerado de bebida alcóolica e o uso de cigarro são fatores fundamentais para que o homem perca o desejo sexual e, em muitos casos, não consiga chegar às vias de fato. A especialista ainda alerta sobre a questão da ansiedade, que em alguns casos também contribui para que o homem não consiga ‘’estar armado’’ e ter uma vida sexual ativa.

Portanto, como disse a pesquisadora brasileira, para conseguir ter uma vida sexual que chegue a meta das 21 ejaculações mensais, como diz o estudo de Harvard com relação a evitar o câncer de próstata, o homem precisa ter uma vida saudável e constantemente observar os seus próprios hábitos diários. Caso contrário, estará correndo grande risco de não conseguir desenvolver suas atividades sexuais cotidianas. #Impotência Sexual