De acordo com o serviço nacional de #Saúde da Inglaterra, os #homens devem se masturbar mais se quiserem reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata. Uma pesquisa publicada no site inglês The Herald revela que o risco de câncer de próstata era bem menor em homens que ejaculam pelo menos 21 vezes por mês, seja através de relações sexuais ou de masturbação. Entre os homens, o câncer da próstata é um dos mais comuns. Porém, um estudo parece confirmar que existe um fator de prevenção que pode evitar a doença.

Para a pesquisa, foram analisados 31.925 homens saudáveis, que responderam a um questionário, onde diziam qual sua frequência de ejaculação.

Publicidade
Publicidade

Essa entrevista aconteceu com homens, divididos em dois grupos. Uns tinham entre 20 e 29 anos e os do segundo grupo tinham entre 40 e 49 anos. E as respostas variavam entre quem ejaculava entre quatro a sete vezes por mês e outros acima de 21 vezes por mês. Esse estudo foi feito em 1992 e os resultados foram analisados em 2010. Dos mais de 30 mil estudados, 2.839 acabaram contraindo câncer da próstata ao longo de todos esses anos.

Analisadas as respostas e a evolução desses homens, os pesquisadores concluíram que o risco de câncer de próstata em homens nesses dois grupos etários foi significativamente reduzido nos que ejacularam pelo menos 21 vezes por mês.

Nesta pesquisa, os investigadores não explicam porque isso acontece, mas se limitam em apresentar os resultados, que teriam sido esclarecedores, sobre os benefícios da masturbação para os homens, na prevenção desse câncer.

Publicidade

No entanto, algumas pesquisas anteriores sugerem que a ejaculação possa contribuir para a redução da inflamação da glândula prostática, uma das causas desse câncer.

Por isso, o site do serviço nacional de saúde da Inglaterra diz: "Apesar de todas as histórias lúdicas que você tenha ouvido, a masturbação é totalmente segura. Então, se você fizer isso como um método preventivo, não representaria nenhum risco para a sua saúde".

Fatos sobre o câncer de próstata

Geralmente, esse câncer se desenvolve devagar e a pessoa pode ter a doença por anos, sem saber. Os sintomas muitas vezes só se tornam aparentes quando a próstata já está afetando a uretra (o tubo que transporta a urina da bexiga para o pênis). Quando isso acontece, os homens notam uma maior necessidade de urinar, e ficam com a sensação de que nunca esvaziam a bexiga. Urinar se torna mais custoso. Porém, nem sempre esses sintomas significam câncer, pelo que o melhor é sempre consultar um médico, para exames.

Os testes mais utilizados para detetar o câncer de próstata são exames de sangue, um exame físico da próstata, conhecido como exame retal, ou uma biópsia. #cancer